Etô prudentino passa perto do Atlético (MG)

esporte

| JULHIA MARQUETI - Especial para O Imparcial

Apelidado como Etô desde criança, quando ainda jogava futebol no campinho perto de sua casa em Presidente Prudente, Ilgner de Paula Nascimento começou a sua trajetória no futebol com 10 anos. Hoje, com 19, Etô é jogador do Mirassol há dois meses e quase chegou a ser a nova contratação do Atlético (MG) para a temporada, mas por problemas na documentação retornou ao time paulista.

O atacante passou pelas categorias de base do São Paulo, onde foi monitorado dos 11 aos 13 anos de idade. Em seguida, aos 14, foi para a equipe do Red Bull Brasil, onde permaneceu por cinco anos e colecionou títulos. Segundo o atacante, o futebol é algo que ele queria pra vida desde novo. “O futebol pra mim é tudo, o esporte que eu mais amo”, afirma.

Com o sonho de jogar em um grande clube na Europa, em pouco tempo de carreira, o jogador carrega títulos nacionais e internacionais na sua trajetória. “Ganhei muitos [títulos] no Red Bull, incluindo fora do país, quando tive uma experiência muito boa”, relembra. Na lista de conquistas, está a Copa Nacional em Espírito Santo, pelo sub-17, e o Cup Volksbank, em 2017, em Stemwede, na Alemanha. No torneio, de acordo com ele, estavam presentes as equipes do Liverpool e Tottenham, ambas da Inglaterra, o que o fez acreditar ainda mais na possibilidade de jogar fora do país. “Fizemos uma boa campanha e levamos o ouro passando por equipes de nível e reconhecimento mundial. Foi uma das melhores sensações que tive”, afirma.

Na temporada de 2018, Etô ainda não entrou em campo por sua atual equipe, o Mirassol. “Cheguei faz dois meses aqui, mas ainda não joguei, estou apenas treinando e retomando a forma física”, destaca. No último mês, o atacante chegou a fazer contato direto com o Atlético (MG), mas, segundo ele, “por alguns erros a contratação não se firmou”. “Cheguei a ir para o Galo, mas não deu certo e tive que retornar”, comenta.

Comente com o editor

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste