CULTURA

Escola Navio recebe, hoje, Piquenique Literário

Evento organizado pelo professor Itamar Xavier de Camargo, ocorre neste sábado, das 13h30 às 15h30, e tem como objetivo fomentar a leitura nos jovens

  • 03/08/2019 07:10
  • MARCO VINICIUS ROPELLI - Da Redação

Por sorte, o professor Itamar Xavier de Camargo, 39 anos, não se cansa de promover eventos culturais e educativos. Desta vez, ele realiza hoje o 8° Piquenique Literário com o apoio de empresas, entidades religiosas e da Escola Municipal João Franco de Godoy, popularmente conhecida como Navio. O evento trará diversas atividades ligadas á literatura, entre as quais, uma novidade, a apresentação de um mágico.

A iniciativa faz parte de um projeto de extensão universitária criado por Itamar durante a sua graduação em Pedagogia, em 2010, o “Leitura Campeã”. O professor conta que a ideia central do projeto era arrecadar livros para montar em Prudente bibliotecas comunitárias e pontos de leitura. “O projeto foi criando corpo e passou a desenvolver o piquenique literário e outros eventos também" pontua o mestre.

 

Programação

Itamar destaca que os objetivos do projeto são claros, incentivar e fomentar o prazer pela leitura, cultura e artes em geral. Na oitava edição, que vem sendo um sucesso, terá inicio às 13h30 deste sábado e terá duração de duas horas. O evento será centralizado na troca de livros, uma banca onde os participantes poderão deixar os livros que já leram, para que outras pessoas os aproveitem, e pegar novos títulos para a leitura. Enquanto a troca ocorre, atividades diversas divertem as crianças e adultos, como contação de histórias, teatros, e pela primeira vez, no evento, um show de mágica. Não há inscrição para o evento, basta estar Escola Navio no horário das atividades e participar, todas as idades podem comparecer.

 

Expectativas

“O público cresce a cada ano, na 7º edição tivemos a presença de mais de 300 pessoas. Pensando nas primeiras edições, percebemos crescimento grande, isso faz a gente entender que as coisas dão certo, as pessoas estão entendendo que é importante participar, a importância do acesso e contato com obras e autores”, explica o professor Itamar.

A organização do evento pretende superar a quantidade de participações do ano anterior. Para isso, conta com a presença não só das crianças, que são o público alvo, mas também dos pais e familiares e professores, que devem sempre incentivar os mais jovens a estarem próximos da cultura e educação. O professor Itamar é assim, dedica a vida ao trabalho artístico e educacional e, sem dúvidas, constrói e muda histórias.