Arquivo - Carros alegóricos são destaques pela beleza e grandiosidade; epitacianos investem na folia

Foto: Arquivo - Carros alegóricos são destaques pela beleza e grandiosidade; epitacianos investem na folia

CAINDO NA FOLIA

Epitácio retoma carnaval em 2020

Volta do tradicional desfile partiu da parceria entre a Prefeitura e escolas de samba do município; objetivo é tornar as agremiações financeiramente autossuficientes 

  • 23/01/2020 05:44
  • MARCO VINICIUS ROPELLI - Especial para O Imparcial

O carnaval de Presidente Epitácio, que já foi considerado o segundo melhor do Estado de São Paulo, está de volta. Depois de seis anos, as escolas - em parceria com a Prefeitura - voltarão a desfilar na Avenida Juliano Ferraz Lima, na orla.

As tratativas tiveram início ainda em 2019, em junho, quando o secretário de Turismo e Cultura da cidade, Frank Celestino de Oliveira, conhecido como Frank Bala, propôs à prefeita Cássia Furlan (PSDB), a ideia de retomar uma das festividades mais tradicionais do município. A prefeita, lembra Frank, rapidamente topou, o que possibilitou, a partir de novembro, dar início às conversas com representantes das já conhecidas escolas de samba do município. Seis anos depois, muitos ainda acreditavam no potencial do desfile, mais que isso, Frank Bala afirma que o carnaval é tradição que passa de pai para filho, em Epitácio e, portanto, a resposta obtida foi muito positiva.

Quatro agremiações desfilarão na cidade, sendo que três delas já existiam, Unidos da Ribeira, Vila Maria e Águia de Ouro da Vila Palmira, e uma desfilará pela primeira vez, Doce Mar. A expectativa da Secretaria de Cultura e Turismo é que 60 mil pessoas, 15 mil diariamente, de toda região e até fora dela, aproveitem as festividades que durarão quatro dias, de 21 a 24 de fevereiro.

No dia 21, sexta-feira, Frank informa que ocorrerá ensaio das agremiações, já aberto ao público. No dia 22, haverá o primeiro desfile, no qual estimam que participem cerca de mil pessoas, em uma média de 250 por escola. Para a festa no dia 23, as agremiações contrataram uma banda para animar o grande público. Finalmente, no dia 24, as escolas novamente desfilam. Não haverá competição neste ano, já que a ideia dos organizadores é a retomada e, portanto, união.

AGRAMIAÇÕES SERÃO

AUTOSSUFICIENTES

A situação financeira do município, um dos principais motivos para o longo hiato, volta ao centro da questão. O secretário reitera que o apoio da Prefeitura será 75% menor que em outros carnavais e que para que possam arrecadar fundos para 2021, as escolas de samba serão responsáveis pelo dinheiro arrecadado na venda de camarotes, únicos locais cuja permanência será cobrada. As arquibancadas serão gratuitas e está liberado levar cadeiras de praia e área para maior conforto.

“A intensão da Prefeitura é que, no próximo ano, as escolas sejam autossuficientes para a realização do desfile e que não precisem do subsídio da Prefeitura”, destaca Frank. Ele lembra que contarão com a parceria de empresas para a realização do evento de 2020, além de cidadãos que possuem know how (habilidade e competência) para eventos desta magnitude.

Ele faz questão de reiterar que o retorno do carnaval significa também dar ênfase ao turismo neste momento do ano, tese confirmada, pois já existem reservas em hotéis e pousadas do município para o carnaval.

Programação
As festividades ocorrerão a partir das 22h, no sambódromo da Avenida Juliano Ferraz Lima, na orla de Presidente Epitácio.
21/02 – Ensaio das escolas de samba
22/02 – Desfile
23/02 – Show com banda
24/02 – Desfile
O evento é grátis, exceto o camarote, cuja renda será destinada ao carnaval de 2021

Fotos: Arquivo

Festa na estância turística já foi considerada a segunda melhor do Estado de São Paulo


Grande público sempre foi registrado no evento; neste ano, estima-se 15 mil pessoas por dia