SEM OFERTA

Epitácio faz rodízio de médicos em ESFs

  • 03/05/2019 06:00
  • THIAGO MORELLO - Da Redação

Devido à falta de médicos em algumas unidades da ESFs (Estratégia de Saúde Família) de Presidente Epitácio, a Prefeitura anunciou um rodízio de profissionais, sendo assim, alterando o horário de funcionamento em algumas delas. A ideia, conforme a administração municipal, é amparar os moradores de todos os bairros da cidade.

À reportagem, a municipalidade detalha que a falta de médico ocorreu devido a pedidos de aposentadorias, atestados médicos e algumas renúncias de cargos. “E para sanar momentaneamente essa escassez, será necessário que os atendimentos sejam feitos por médicos efetivos por meio de períodos”, completa.

Desta forma, a escala ficou definida da seguinte maneira: no período da manhã, na ESF do Bairro Alto do Mirante, e durante a tarde, na ESF da Vila Santa Rosa, a médica Silvia Freddi fará os atendimentos; ao passo que a médica Sônia Pimenta atenderá no período da manhã, a ESF da Vila Palmira, e a ESF da Vila Maria, no período da tarde. Já o médico Guilherme Resende de Sá fica de manhã, na ESF do Jardim Real II, e no período da tarde, na Vila Tibiriçá, ainda conforme o Executivo.

A prefeita Cássia Furlan (PRB) garantiu que já foram convocados três médicos, aprovados no concurso 001/2019, e “assim que forem empossados os atendimentos retornam ao período normal”. A chefe do Executivo solicita também “o entendimento e compreensão da população local”, e afirma que as medidas visam garantir o direito de todos à saúde.

Segundo a Assessoria de Imprensa da Prefeitura, a municipalidade oferece ainda atendimentos médicos diários no Centro de Saúde da Rua São Paulo, com disponibilidade de encaminhamentos para atendimento com demais médicos.