Cedida/Edmilson Anzai -  Prudentino já está em Guayaquil, para integrar a seleção

Foto: Cedida/Edmilson Anzai - Prudentino já está em Guayaquil, para integrar a seleção

Enzo Anzai encara Sul-Americano no Equador

  • 19/11/2019 05:34
  • DA REDAÇÃO

Após participar dos JAI (Jogos Abertos do Interior), em Marília, o atleta Enzo Anzai já está no Equador para o Sul-Americano. Ele se junta aos outros atletas integrantes da Seleção Brasileira de Badminton, que participará do torneio por equipes nesta terça e quarta-feira, em Guayaquil.

Antes de viajar, Enzo confidenciou para a comissão técnica prudentina que estava cansado pela quantidade de partidas que disputou nos JAI.  Mas que, apesar do cansaço dos jogos e da longa viagem para o Equador, ainda assim, estaria à disposição dos treinadores da seleção, que desta vez é formada por dois técnicos do Estado de São Paulo.

O staff do atleta prudentino relata que, após o encerramento das disputas pela seleção brasileira, Enzo ainda disputará a categoria simples (individual) e depois a categoria dupla masculina, de quinta-feira a domingo. Os atletas que são convocados para a seleção brasileira somente jogam o torneio por equipes, e logo após, os que foram classificados pelo ranking nacional formam o Time Brasil de Badminton para disputarem suas categorias individuais (simples) e em duplas (masculina, feminina e mista).

Anteriormente, o prudentino já tinha disputado esse torneio internacional como integrante do Time Brasil, onde conquistou duas medalhas de bronze em duplas no ano passado. Para esse Sul-Americano, o atleta está mais maduro.  Em 2019, já participou de duas competições internacionais e adquiriu mais confiança no seu estilo de jogo. Com essas participações, no ranking mundial júnior, na última semana, ele se manteve entre os sete melhores atletas brasileiros, estando na 377ª colocação mundial. Já no ranking mundial adulto, Enzo Anzai, após disputar o Brazil Internacional Serie, está entre os 23 melhores atletas do país, na 882ª colocação mundial.

Alisson dos Santos Freitas, técnico da equipe Semepp/Adoar, verifica o crescimento do seu atleta, torneio a torneio.  E não esconde que “Enzo é um atleta diferenciado e possui características que vão levá-lo a um patamar muito alto na carreira”.