Foto: Arquivo, Concessionária contabilizou 39 focos de incêndio, incluindo trecho da SP-270 que corta região

Em rodovias Entre janeiro e julho, Cart registra 39 focos de incêndio

 11/08/2017  - Da Redação

A A A

No corredor de rodovias da Cart (Concessionária Auto Raposo Tavares), entre janeiro e julho deste ano, a concessionária contabilizou 39 focos de incêndio nas rodovias administradas pela empresa, inclusive o trecho da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), que corta a região de Presidente Prudente. Os registros de focos de incêndio totalizam 92 ocorrências em 2015, e 69, em 2016, uma redução de 25% na comparação. Por conta disso, a concessionária aderiu à Operação Corto Fogo, promovida pela Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo), com o intuito de combater os casos de queimadas em todo o Estado, por meio de um conjunto de atividades e iniciativas.

O programa de prevenção tem coordenação da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e envolve diversos órgãos estaduais, como a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros. De acordo com a Artesp, as ações da Operação Corta Fogo ocorrem de agosto a outubro, período em que se concentra um terço dos casos de incêndios às margens das rodovias na malha concedida, e que exige atenção redobrada do motorista. Mas as iniciativas são intensificadas em agosto, mês em que o clima está mais seco e há o aumento de queimadas.

Em 2016, as concessionárias que administram os 7,2 mil quilômetros de rodovias sob concessão atenderam 6.997 casos de queimadas, dos quais 2.290 (33%) no período entre agosto, setembro e outubro. O mês mais crítico foi agosto, que teve o registro de 1.090 ocorrências em todo o Estado.

 

Atuação

Além do problema ambiental, os focos de incêndio nas rodovias podem prejudicar a visibilidade na pista por conta da fumaça. A Cart informa que intensifica as ações de combate às ocorrências às margens das estradas. Entre outras medidas, a concessionária disponibilizará recursos operacionais (caminhão-pipa) e baseamento de viaturas em pontos de maior incidência dos registros, manutenção da cobertura vegetal e implantação dos aceiros para minimizar os riscos de fogo na faixa de domínio.

“As ações ocorrem dentro e fora da rodovia. Na pista, o motorista será instruído nos PMVs [painéis de mensagem variáveis] a acionar a concessionária em caso de incêndio, pela Central de Atendimento Cart, no 0800 773 00 9”, destaca o gerente de operações da empresa, Luís Carlos Guimarães.

 

Segurança

Se há fumaça na pista, a redução da visibilidade pode levar a acidentes, principalmente colisões traseiras. Para a segurança do motorista, a Cart ressalta que se deve tomar algumas medidas, tais como fechar o vidro do veículo, manter distância segura do automóvel à frente, manter o farol baixo ligado e não parar na faixa de rolamento.

 

Com Assessoria de Imprensa da Cart

Comentário