Divulgação - Grupo instrumental dedicado à MPB atua há mais de 8 anos

Foto: Divulgação - Grupo instrumental dedicado à MPB atua há mais de 8 anos

CHORINHO NA SANFONA

Em show gratuito, Sanfonias celebra 100 anos de Jacob Bandolim no Sesc

Músicos tocam às 16h, na Área de Convivência, pelo projeto Múltiplos Sons; ioga e espetáculo inspirado em “Os Lusíadas” também integram programação

  • 10/08/2019 07:11
  • DA REDAÇÃO

Sanfona acompanhada de cavaquinho, violão e percussão. Essa é a proposta do grupo Sanfonias, que se apresenta no Sesc Thermas de Presidente Prudente neste sábado, no palco do Múltiplos Sons. A partir das 16h, os músicos fazem uma homenagem ao centenário de Jacob do Bandolim, músico, compositor e bandolinista de choro.

Formado por Lourdes Degani (acordeon), Nelson Cardoso (percussão), João Santos (voz e violão) e Agnaldo Villaça (violão e cavaquinho), o grupo instrumental dedicado à música popular brasileira atua há mais de oito anos, colecionando releituras contemporâneas dos mais conhecidos temas do repertório brasileiro.

“Flor Amorosa”, “Odeon”, “Tico-Tico no Fubá” e “Brasileirinho” são alguns dos clássicos do chorinho brasileiro que compõem o repertório da banda, que ainda reúne nomes como Waldir Azevedo, Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Zequinha de Abreu, dentre outros.

No show “Chorinho na Sanfona”, os artistas aliam a sonoridade da tradição nordestina sanfoneira ao espírito urbano do chorinho numa homenagem ao centenário do músico Jacob de Bandolim, instrumentista e compositor que se destacou por suas contribuições como pesquisador e difusor da música brasileira, em especial o choro.

Mesclando à sua sonoridade, ainda, elementos da música latino-americana, Sanfonias se apresenta gratuitamente na Área de Convivência, a partir das 16h deste sábado.

 

Literatura

No Quintal de Histórias deste fim de semana, Ana Paula Carneiro, contadora de histórias e pesquisadora do Centro de Estudos em Leitura e Literatura Infantil e Juvenil da FCT/Unesp (Faculdade de Ciências e Tecnologia) de Presidente Prudente, apresenta “Histórias que o povo conta”. Às 15h, o público acompanha histórias divertidas, contadas do jeito que se fala. Contos de animais, de encantamento, de esperteza, adivinhas e ditados populares fazem parte do momento.

 

Crianças

A Cia. O Grito traz, no Arte em Cena de domingo, às 15h, o espetáculo “O Gigante Adamastor”, produção inspirada na obra de Luís Vaz de Camões, “Os Lusíadas”. Em seguida, às 16h, tem oficina de “Confecção de bonecos”, no Quiosque. Para participar da atividade, é necessária a retirada de senhas gratuitas na Central de Atendimento.

 

Esporte

Domingo é dia de cuidar do bem-estar com a vivência de “Ioga para todos”, que ocorre no Quintal. Às 10h, o público participa desta prática indiana que busca o equilíbrio a partir de exercícios posturais e de respiração, mesclando tonicidade e relaxamento, tudo aliado à meditação.