Em PP, Semav apreende 6 carros abandonados, durante operação

Expectativa, conforme a Prefeitura, é retirar até sexta, quando terminam os trabalhos, cerca de 40 veículos das vias públicas

BEATRIZ DUARTE • 27/02/2018 14:31:37

. Foto: Secom, Carros abandonados são notificados através do telefone 156; ontem, 6 veículos foram encaminhados para o Pátio Municipal

A Semav (Secretaria Municipal de Assuntos Viários e Cooperação em Segurança Pública) de Presidente Prudente iniciou ontem, a nova etapa da Operação Lata Velha, que tem como objetivo retirar os carros abandonados e já notificados das vias públicas da cidade. Segundo Luiz Antônio dos Santos, coordenador de fiscalização da operação, a expectativa é recolher até sexta-feira, quando terminam os trabalhos, aproximadamente 40 veículos. Só ontem, conforme balanço divulgado pela Prefeitura, seis foram recolhidos e encaminhados ao Pátio Municipal.

O trabalho é realizado perante a Lei Municipal 7.618/2011, que garante o direito do recolhimento, após a notificação ao proprietário e o prazo de dez dias para cumprir a determinação. Caso não faça a retirada do veículo, a situação é caracterizada como abandono. De acordo com o responsável, os veículos considerados sem proprietários são aqueles com os pneus murchos, lataria amassada, sujos e com vidros quebrados ou abertos. Geralmente eles são notificados através de denúncias pelo telefone 156. “Quando o munícipe liga, gera uma ordem de serviço na Prefeitura que é passada para a Semav, em seguida os agentes de trânsito vão até o local para analisar se o automóvel se configura abandonado ou não”, explica.

 

Além de atrapalhar o fluxo de veículos, o perigo está quando abandonado de vidro aberto, ele pode acumular água com as chuvas, e isso gera a presença de escorpiões e outros insetos

Luiz Antônio dos Santos,

coordenador de fiscalização

 

Um caminhão plataforma está sendo utilizado para remover os veículos ao pátio de apreensão. Depois de confiscados, os motoristas têm o prazo de até 90 dias para fazer a retirada. A falta de cumprimento da medida pode levar o carro em leilão para a sucata. Os interessados devem comparecer até a Semav, com a documentação em dia. Após o pagamento de taxas e multas, ele é autorizado para circular com o automóvel novamente.

Segundo Luiz Antônio, em 2017 foram realizadas diversas operações e 56 automóveis foram apreendidos. Para ele, o serviço realizado buscar trazer mais tranquilidade para a população, já que os mesmos podem tornar-se um caso de saúde pública. “Além de atrapalhar o fluxo de veículos, o perigo está quando abandonado de vidro aberto, ele pode acumular água com as chuvas, e isso gera a presença de escorpiões e outros insetos, e também o nosso pior problema enfrentado, os focos de dengue. Isso pode acarretar uma epidemia na cidade”.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste