DIAGNÓSTICOS

Em meio ao Covid-19, Prefeitura registra casos de H1N1

Dos 13 resultados negativos, três atestaram positivo para Influenza A, informa Vigilância Epidemiológica

  • 25/03/2020 16:31
  • THIAGO MORELLO - Da Redação

A situação caótica no mundo por conta do novo coronavírus, o Covid-19, remete à situação vivida em 2009, quando o planeta também enfrentou a pandemia do H1N1, a Influenza A, ou popularmente conhecida como gripe suína. Em Presidente Prudente, a Prefeitura registrou, ontem, três casos positivos da doença, em meio à tentativa de diagnosticar pessoas como o novo vírus.

Conforme as informações da VEM (Vigilância Epidemiológica Municipal), os registros vieram de parte das pessoas que fizeram exame para verificar se estavam ou não com o coronavírus. Para ser mais exato, das 127 notificações que Prudente tem hoje pelo Covid-19, 13 já foram descartadas. Mas destas, três atestaram positivo para a Influenza A.

A pasta não informou mais dados sobre os pacientes, como sexo, idade e local de moradia no município, mas ressaltou que os casos seguem sob acompanhamento.

 

COVID-19: CASOS GRAVES

Na oportunidade, a VEM lembrou que, obedecendo à resolução publicada no Diário Oficial, exames laboratoriais visando o diagnóstico de coronavírus serão solicitados “somente para pacientes internados graves ou críticos, para unidades sentinelas e para profissionais de saúde com sintomas de Covid-19”. A opção também não se aplicará para pessoas assintomáticas.

A cidade hoje aguarda mais 114 diagnósticos, conforme exames feitos anteriormente e encaminhados ao Instituto Adolpho Lutz, na capital paulista.