COTIDIANO

Eleger, fiscalizar e reivindicar

  • 25/06/2019 05:12
  • Marcos Antonio de Carvalho Lucas

Como é sabido, Presidente Prudente elegeu dois deputados estaduais na região e, pela primeira vez, um senador nas eleições de 2018. Pode parecer pouco à primeira vista, mas esse resultado fez com que nossa região aumentasse em 100% sua representatividade. Ter representantes regionais no Legislativo e no Congresso Nacional contribui nos projetos de lei em nome da sociedade por meio das demandas e soluções. Sem esse apoio fica difícil para que o município obtenha recursos e investimentos nas muitas necessidades que precisam ser supridas.

E o papel da sociedade? Ele não se limita ao voto. Isso é apenas a ponta do iceberg. Fiscalizar é a totalidade restante. Por isso, durante o pleito anterior, a UEPP (União das Entidades de Presidente Prudente e região) entregou a cada candidato que passou por nossa região o termo de compromisso com a sociedade civil, pois caso fossem eleitos, 13 cláusulas devem ser cumpridas para um mandato transparente e comprometido com a verdade. E as prestações de contas têm sido cobradas!

Entre as obrigações, o deputado deve disponibilizar via internet sua prestação de contas de gastos e de que forma votou nos assuntos lhe deliberados. Assim como abdicar de privilégios, reduzir gastos com auxílios, bolsas, cotas e reembolsos; destinar 50% da verba disponível para a contratação de técnicos a fim de desenvolver projetos para captação de recursos juntos aos governos às Prefeituras da região; visar projetos que impulsionem o desenvolvimento regional, como agronegócio, turismo e software; investir valores provenientes das Emendas Individuais nos municípios da 10ª RA (Região Administrativa); e priorizar a qualidade educacional do ensino fundamental.

A UEPP também oficiou os candidatos ao cargo de governador e reforçou com João Doria (PSDB) em sua visita ao município. Ora, estamos nas proximidades de Mato Grosso do Sul e Paraná, mas não recebemos incentivos fiscais e outros benefícios naturais pela busca de desenvolvimento. Recentemente, foi anunciado que o Aeroporto Estadual de Prudente pode passar por eventual concessão. Isso vem a calhar, pois se faz urgente a ampliação no terminal e a implantação de um HUB de transportes multimodal, interligando o Aeroporto de Prudente, Porto de Presidente Epitácio ao modal ferroviário, visto que Ferrovia Norte-Sul em breve passará em nossa região.

Na saúde, Prudente precisa de benefícios fiscais, repasses financeiros ou ações político-administrativas como o fortalecimento orçamentário das Santas Casas, além de ajuda do Estado de São Paulo para que o Hospital Regional do Câncer seja credenciado no Sistema Público de Saúde. Por último, e não menos importante, a grande utopia regional: o retorno do trecho ferroviário Presidente Epitácio x Ourinhos x Sorocaba.  Para resolver isso, é missão do governo federal recuperar ou mandar recuperar os trechos que a Rumo sucateou e entregou ao abandono.

É através da cidadania que buscaremos o desenvolvimento regional e um ambiente propício ao investimento. Todos nós, cidadãos, também temos autonomia para irmos atrás dos senadores e dos deputados que não estão na região, mas que tem algum laço conosco e podem ajudar a sociedade civil muito em breve. Devemos ir atrás até mesmo daqueles “paraquedistas” que levaram bons milhares de votos sem nunca sequer aqui terem vindo ou enviado qualquer emenda ou projeto de Lei que beneficiasse a região. A UEPP conta com sua ajuda, fundamental, pra alcançar estes objetivos!  Fiquemos de olho!