José Reis - Lar São Rafael abriga atualmente 50 homens com idade de 60 a 96 anos, e 36 mulheres da mesma faixa etária

Foto: José Reis - Lar São Rafael abriga atualmente 50 homens com idade de 60 a 96 anos, e 36 mulheres da mesma faixa etária

MÃOS DADAS

Doações ajudam entidades de Prudente a driblar crise financeira

Situação financeira dos lares São Rafael e dos Meninos é estável e isso se deve a contribuição da comunidade que compreende a necessidade dos trabalhos prestados

  • 10/03/2019 08:12
  • OSLAINE SILVA - Da Redação

A situação econômica do país não anda lá muito boa há algum tempo, em todos os setores. E driblar as dificuldades se tornou um dos principais desafios dos brasileiros para manter as necessidades de seus lares, de suas famílias. Agora imagina como tem sido para pessoas que não estão entre seus familiares. Que não podem, por algum motivo, viver em suas próprias casas e dependem da bondade dos outros e do “abraço” de lares de acolhimento! A reportagem tem como objetivo mostrar como alguns desses lugares, em Presidente Prudente, sobrevivem. E como a sociedade pode ajudar seus administradores, caso necessitem.

Um dos promotores da dignidade da vida humana na cidade, que acolhe aqueles que tanto já contribuíram em seu seio familiar e em algum momento de suas vidas com a comunidade, é o Lar São Rafael. O local é gerido por “irmãzinhas”, freiras e madres que doam suas vidas em prol de idosos que precisam além de cuidados básicos, sobretudo, de muito amor!

“Graças a Deus, na medida do possível podemos dizer que nossa situação financeira é estável e isso se deve a ajuda da comunidade local, que compreende a necessidade do trabalho prestado pela instituição e atesta a seriedade e o comprometimento com que este é desenvolvido em favor dos idosos. Podemos dizer que também encontramos obstáculos diante das contínuas dificuldades proporcionadas pela atual crise econômica nacional, mas um dos nossos lemas é: ‘a caridade, a providência e a fé mantém esta casa em pé’”, exclama a madre Carmen Cecilia Moncada Albarracim.

Ela reforça que embora a casa tenha muitos compromissos assumidos em razão da adequação dos quartos que foram construídos, uma obra de aproximadamente três mil metros quadrados, não estão em déficit.

Em prol da criança

O Lar dos Meninos, que também desenvolve atendimento de educação infantil (creche), é outra casa que vem prestando serviço de acolhimento desde 14 de fevereiro de 1957, com a finalidade de receber provisória e temporariamente, crianças e adolescentes de 0 a 18 anos de ambos os sexos, que vivenciem situações de risco e vulnerabilidade social, dando-lhes o direito de uma vida digna. Sua administradora, Ana Paula Fioramonte, fala sobre o trabalho da organização, que se refere ao acolhimento, e não ao lar como um todo.

Segundo ela, a situação da organização não muda muito do cenário financeiro de 2018. “O final e início do ano são os períodos mais críticos, muito apertado. Graças a Deus não precisamos contrair dívidas [empréstimos] para pagar as despesas mensais, isso já é uma vitória. No início porque os repasses públicos demoram a ser liberados, e no final porque a despesa trabalhista aumenta, com o pagamento do 13º salário e os encargos”, explica.

Conforme Ana Paula, o custo mensal do serviço de acolhimento é de aproximadamente R$ 113 mil. Os recursos públicos custeiam 67%, enquanto a organização fica responsável por 33%. O que segundo ela é bastante oneroso. “Para custear essa porcentagem, paga com recursos próprios, várias ações como promoções de pizza e almoço beneficente, doações e aluguéis são necessárias. Ocorre que a crise econômica, pela qual passa nosso país, contribuiu diretamente para a queda de doações, aluguéis e na venda de convites dessas promoções beneficentes. Até mesmo porque em Prudente são mais de 30 organizações realizando as mesmas ações, além das igrejas e outros setores”, ressalta a administradora.

Juntos somos mais

Madre Carmen expõe que o Lar São Rafael se mantém com a contribuição espontânea de cada idoso na proporção de 70% do benefício, conforme contrato de prestação de serviços. E destaca também os benfeitores que ajudam com contribuições mensais e anuais, doações de alimentos, higiene pessoal e limpeza pela comunidade local. Além, da parceria com o governo municipal e estadual com a subvenção da saúde.

“E para acrescentar fazemos diversas promoções durante o ano, como: pizza, quermesse, bingos, churrasco, calendário solidário, brechó, bazar do dia das mães e natal, ação entre amigos [rifas], reembolso via Nota Fiscal Paulista, doações via conta de energia elétrica, roupas usadas para o nosso brechó etc. Precisamos sim de auxílio e promoções e toda ajuda é sempre muito bem-vinda. A inconstância de doações é sempre um desafio, mas Deus, rico em misericórdia, vela pelos seus e nunca os abandonou. Estamos com as nossas portas abertas”, salienta a madre.

Ana Paula enfatiza que toda colaboração é muito importante para a instituição, que também aceita doações em espécie, de alimentos, produtos de higiene e limpeza. Assim como no Lar São Rafael, a população também pode colaborar com as promoções adquirindo os convites. Inclusive, a primeira ação de 2019 será no dia 23 de março, das 10h às 16h, com mais uma edição da Pizza Beneficente. O valor é R$ 25.

Bem cuidados

O Lar São Rafael existe em Prudente desde 14 de dezembro de 1963, ou seja, há 55 anos! O acolhimento é feito pela Assistente Social que junto com as irmãs avaliam o idoso e quando há disponibilidade de vaga marcam o acolhimento. O Lar oferece moradia integral e atendimento com profissionais como: assistente social, enfermeira, fisioterapeuta, nutricionista e psicóloga. Conta também com auxiliares de enfermagem, serviços gerais, cozinheiras, voluntários e com o trabalho incansável de sete irmãzinhas da Congregação.

Atualmente possui 50 homens com idade de 60 a 96 anos, e 36 mulheres da mesma faixa etária. “As visitas são muito bem vindas, de segunda-feira a sábado, das 15h às 16h30, e às quintas-feiras e domingos, das 9h às 11h”, faz o convite madre Carmen. 

No Lar dos Meninos, que está com 62 anos, segundo a administradora Ana Paula, durante o período de acolhimento também é oferecida proteção integral à criança e adolescente (alimentação, educação, saúde, lazer), pois residem na organização. “Atualmente o Lar dos Meninos tem pactuado com o município de Prudente 35 vagas para colhimento, sendo 25 em casas lar e 10 em Família Acolhedora. O acolhimento se dá através da solicitação do município (é quem controla as vagas). E só ocorre mediante a violação dos direitos da criança e do adolescente. Para desenvolver esse trabalho existem na unidade 32 profissionais, todos contratados pela organização”, cita Ana Paula.

Serviço

Outra forma de doações ao Lar São Rafael é pelo Banco do Brasil: agência 0097-3, conta 3149-6 e Banco Bradesco, Agência 2044-3, Conta Corrente 29.292-3. Para mais informações sobre o Lar dos Meninos basta entrar em contato pelo telefone (18) 3906-2680 ou para se aprofundar em todo seu histórico pelo site www.lardosmeninos.org.br.