Comemoração

Dia do Músico é lembrado na Rotariano Antônio Zacharias

22 de novembro, uma data desconhecida por muitos, porém de grande importância pelo trabalho que realizam beneficiando a todos

  • 29/11/2018 07:00
  • Espaço infantil

EM ROTARIANO ANTÔNIO ZACHARIAS

Hoje em dia muitas pessoas dizem que a música é muito importante em suas vidas, pois é uma forma de arte que se constitui na composição de sons e ritmos seguindo uma pré-organização ao longo do tempo.

Diante do fato, nós estudantes do 5º ano A, da Escola Municipal Rotariano Antônio Zacharias, com a supervisão da professora Rosemari Ortega Medeiros, fomos pesquisar sobre o assunto e descobrimos que cientistas comprovam que a música serve para enfrentar dificuldades, relaxar no trânsito, aliviar o estresse, trabalhar, fazer ginástica, se divertir dançando, ajudar no raciocínio e na criatividade. A música é capaz ainda de nos alegrar e emocionar.

Nos tempos de hoje os músicos criam vários tipos de músicas, dependendo de seu estilo próprio. Evoluem dando origem a diversos estilos e ritmos, como: sertanejo, funk, pop, rap, clássicos e outros. Assim para simbolizar essa maneira de se expressar é comemorado o Dia do Músico, no dia 22 de novembro que também se comemora o Dia da Santa Cecília que é a padroeira dos músicos.

Em nossa escola, os estudantes são incentivados a mostrar seu gosto pela música, no Show de Talentos, que esse ano ocorreu no mês de outubro, com apresentações diversas, elaboradas pelos próprios estudantes, e foi um sucesso.

Comemorar o dia do músico se tornou um hábito nacional para todos que apreciam a boa música nos seus diversos segmentos.

 

 

Notícia produzida coletivamente, pelos estudantes do 5ºano A, após pesquisa e estudo sobre o Dia do Músico.

Fonte:https://www.calendariobr.com.br/dia-do-musico#.W-RkKtVKjIU, https://www.smartkids.com.br/data/22-novembro-dia-do-musico

Professora responsável: Rosemari Ortega Medeiros

Orientadora Pedagógica: Denise Caldeira Zampiere Felicio

EM Rotariano Antônio Zacharias

 

 

 

 

Estudante Vinícius Andujar Conchon, 12 anos, 5º ano A, cantando a música “Romântico Anônimo”, de Marcos & Belutti, no Show de Talentos da EM Rotariano Antônio Zacharias em 11/10/2018

 

 

 

 

Ligue Instrumentos Musicais – 2º ano A

 

 

 

Desenho produzido pelo 1º ano B

 

 

 

Cruzadinha

 

Instrumentos Musicais – 2º ano C

 

 

 

CAÇA-PALAVRAS

 

RESPOSTAS: Bateria – Violão – Triângulos – Maracas – Flauta – Pandeiro – Violino - Saxofone

 

 

 

 

 

MAMÃE EU QUERO

 

Mamãe eu quero, mamãe eu quero,

Mamãe eu quero doar.

Doar meu sangue, doar meu sangue,

Doar meu sangue para salvar muitas vidas.

 

Vem doutor do meu coração

Pega a seringa e o algodão

Eu não tenho medo dessa doação

Pois é pra salvar, salvar, salvar, salvar...

 

Mamãe eu quero, mamãe eu quero,

Mamãe eu quero doar.

Doar meu sangue, doar meu sangue,

Doar meu sangue para salvar muitas vidas.

 

Tenho muita pena de um cidadão

Que não tem coragem dessa doação

Pois tem muita gente que está doente

Precisando muito dessa decisão.

Mamãe eu quero, mamãe eu quero,

Mamãe eu quero doar.

Doar meu sangue, doar meu sangue,

Doar meu sangue para salvar muitas vidas.

 

 

Paródia coletiva realizada pelos estudantes do 4º ano A, a partir da Marchinha: Mamãe eu quero- composta por Vicente Paiva e Jararaca. A gravação original foi feita pelo próprio compositor Jararaca em 1937.

Professora: Eva Catarina Novaes Pinto

 

 

 

 

 

ERA UMA VEZ

 

Era uma vez o dia que fiz minha primeira doação.

Delicioso o gosto de doar meu sangue por uma boa ação.

Dava pra ser herói no mesmo dia que me senti um campeão.

E acabara tudo em carinho e o remédio vinha com ajuda e proteção.

 

É que quer doar...

E quando doa faz feliz o outro...

Porque uma doação dói bem menos que alguém partindo.

E tudo voltava ser novo, no outro dia depois de uma doação.

 

Dá pra ajudar, pois sabemos que as pessoas não são mal.

É só não permitir que a dor do próximo te pareça ser normal.

E entender que ela pode ter um final.

E voltar a ter uma vida normal.

...Vamos doar!

 

Paródia coletiva realizada pelos estudantes do 4º ano B, a partir da música: Era uma vez de Kell Smith.

Professora: Solange Ferreira Neves

 

 

 

DOADOR VOLUNTÁRIO

 

Doar sangue é um processo fácil, rápido, seguro e solidário. A doação de sangue ocorre quando uma pessoa voluntariamente vai a um Centro Especializado e disponibiliza seu sangue para ser usado em transfusões ou outras situações clínicas. Porém, os hemocentros vivem com os estoques baixos e a população com medo ou dúvidas sobre a doação.

Diante disso, os estudantes da EM Rotariano Antônio Zacharias vivenciaram momentos de estudos e pesquisas. Em especial, nós, estudantes do 5º ano B, sob a supervisão da professora Ana Angélica Alves de Lima realizamos um bate-papo com a professora Queli Cristina Tenório Brito, 41 anos, da nossa escola, pois a mesma é doadora de sangue desde os 30 anos de idade.  Entrevistada por nós, a professora respondeu as curiosidades mais frequentes e até mesmo os tabus sobre a doação de sangue:

(Notícia produzida coletivamente pelos estudantes do 5º ano B, professora Ana Angélica Alves De Lima)

 

Como você tornou-se uma doadora de sangue?

 Iniciei porque uma amiga minha que é doadora comentou, achei interessante e fui conferir.

 

Professora, como é a experiência?

É gratificante, pois ajuda várias pessoas que nem conhecemos.

 

Nós estudamos que a mulher leva mais tempo para doar do que o homem, assim qual o período em que podemos doar sangue?

As mulheres doam de 4 em 4 meses, enquanto os homens de 3 em 3. Porém a gestante não pode doar até o período de amamentação ser encerrado. Por isso estou há dois anos sem doar.

 

Você já precisou doar para algum conhecido?

Nunca realizei doação para alguém específico, sempre foi voluntariamente.

 

Nós crianças podemos doar em caso de emergência?

Não, a criança mesmo em caso de emergência não é permitido doar, pois é necessário ter acima de 18 anos e mais de 50 kg, para que não prejudique a saúde do doador.

 

Professora, quem recebe o sangue corre risco de contrair doença do doador?

Não, antes de doar o sangue a gente preenche um cadastro com nossos dados, para ser reconhecido como doador, passando a adquiri uma carteirinha. Após passamos por enfermeiras para realizar testes, responder algumas perguntas, como: se tem diabetes, hepatite, AIDS, pressão arterial baixa, se ficou doente e quando, se é usuário de drogas, entre outras. Depois de todo o procedimento somos encaminhados à sala de coleta, onde são retirados 450 ml de sangue.

 

Bate-papo dos estudantes do 5º ano B, sob a supervisão da professora Ana Angélica Alves de Lima, com a entrevistada, professora Queli Cristina Tenório Brito

 

 

 

VOCÊ SABIA QUE...

 

1-Seu sangue é responsável por 8% do seu “peso” corporal?

2-Seu corpo tem mais de 100.000 km de comprimento e se esticados seriam capazes de dar uma volta completa na Terra?

3-Um bebê recém-nascido tem cerca de um copo (350 ml) de sangue em seu corpo?

4-Em um tempo médio de vida, o coração humano bombeia 1,5 milhões de litros de sangue, que é o suficiente para encher 200 vagões de trem?

5-O sangue dos maratonistas, uma célula pode fazer um circuito completo no corpo deles em menos de 30 segundos?

6-Há cerca de 0,2 mg de ouro em sua corrente sanguínea?

7-Em situações de emergência a água de coco pode ser utilizada como substituta do plasma sanguíneo?

8-Uma simples doação de sangue pode salvar 4 vidas?

 

Fonte de pesquisa: https://www.fatosdesconhecidos.com.br/25-fatos-sobre-o-sangue-que-voce-nao-sabia/

 

Elaboração coletiva dos estudantes do3º ano A, após pesquisa e coleta de informações.

Professora: Marina Rosa Marques

 

 

CURIOSIDADES SOBRE O SANGUE

 

Os grupos ou tipos sanguíneos foram descobertos no século XX pelo cientista Karl Landsteiner.

Algumas curiosidades sobre os tipos sanguíneos:

 

1-Pessoas com sangue tipo O são duas vezes mais propensas a atrair e serem picadas por mosquitos do que quem apresenta outros tipos sanguíneos.

2-Para fazer o sangue circular no corpo, o coração cria uma pressão capaz de levantar o sangue a 9 metros de altura.

3-O volume de sangue que passa através do corpo no processo de circulação durante 25 dias é suficiente para encher uma piscina pequena.

4-A velocidade do sangue, por exemplo, uma gota de sangue, leva entre 20 e 60 segundos para percorrer o corpo e alcançar o coração.

5-Qualquer pessoa com um tipo sanguíneo que não seja o tipo O, tem de 60%-80% mais risco de desenvolver coágulos sanguíneos, além de desenvolver doenças cardíacas coronarianas.

6-Bebidas energéticas mudam o ritmo cardíaco. Cientistas descobriram que depois de consumir energéticos, o sangue fica com três vezes mais cafeína que após um café ou uma Coca-Cola, além disso, eles influenciam o ritmo cardíaco e podem causar convulsões e paradas cardíacas.

7-Indivíduos com sangue tipo O são doadores universais, ou seja, podem doar para todos os outros (A, B, AB), mas só podem receber o tipo O.

8-Indivíduos com sangue tipo AB podem receber qualquer tipo de sangue, são os receptores universais.

 

Fonte de pesquisa: https://www.megacurioso.com.br/educacao/107546-15-curiosidades-sobre-os-tipos-sanguineos-que-voce-vai-curtir-conhecer.htm

 

 

Espaço infantil

Espaço infantil

O canal reúne conteúdo direcionado ao público infantil, com informações, dicas, passatempos, tirinhas, fotos e agenda de eventos direcionados às crianças.

PUBLICIDADE