Dia das mães passou, mas elas devem ser reverenciadas todos os momentos

  • 14/05/2019 06:30

O Dia das Mães passou. Se bem, que mãe, deveria ser reverenciada todos os dias. Afinal, não existe ser mais “fênix” e leoa que uma mãe. Aparece mais forte do nunca quando menos se espera e protege seus filhos de uma maneira inexplicável. Só amor de mãe explica certas ações.

No domingo, as redes sociais ficaram recheadas de declarações de amor, regadas com fotos fofas. Nas legendas, “você é a melhor mãe do mundo”; “obrigado por tudo”; “você é meu orgulho”, entre outras frases ganharam destaque. Que bom seria se todos os filhos, realmente, fizessem tudo aquilo que o mundo virtual expõe. Que bom seria, que tudo aquilo que foi escrito fosse dito olho a olho e ficasse restrito apenas a mãe e filho e todo aquele sentimento fosse vivido de maneira eficaz e respeitosa.

Que bom seria, se além dos domingos especiais voltados às mães, os filhos à levassem para jantar, passear, sempre que possível – e quando não for também. Que bom seria, se todo o filho devolvesse à sua mãe toda a dedicação oferecida durante toda a sua vida.

Que bom seria se todo o filho honrasse seu pai e sua mãe, os respeitasse. O mundo seria melhor e mais saudável. Se todos vivessem literalmente o amor materno, e colocasse esse sentimento como o combustível de sua vida, de seu cotidiano, essa Terra em que habitamos seria um lugar cheio de paz, pois não há no mundo nada comparado ao sentimento mais puro que o de uma mãe.

Que todos saibam dar o devido valor às mães. Que honrem todo o esforço e façam felizes essas mulheres que tanto fazem pelos seus filhos. Afinal, dia das mães deve ser celebrado todos os dias. Elas merecem!