Crie coragem, deixe a preguiça e exercite-se no frio

  • 29/05/2019 04:30
  • Marcos Alves Borba

Com a chegada do frio, é normal que muita gente acabe diminuindo suas atividades de exercícios ou alguma prática esportiva. Para muitos, é realmente difícil ter ou buscar uma motivação para vencer o frio, principalmente quando se advém de não gostar mesmo das temperaturas baixas.

Mas se entendermos o quanto numa temperatura baixa, o nosso corpo pode até ter um melhor rendimento, não tenha dúvidas o quanto ele se beneficiará e muito por ter feito ou realizado aquele gasto calórico de uma maneira muito benéfica. Talvez muitos não saibam, mas nessa temporada de frio podemos potencializar os ganhos e melhorar os resultados, de qualquer que seja a sua atividade física. Com a temperatura baixa, o nosso corpo precisa produzir calor para manter-se estável. 

Se no verão gastamos em média de 600 Kcal correndo por 50 minutos, no inverno podemos gastar cerca de até 780 Kcal durante o mesmo tempo de atividade, uma diferença significante de até 30% de calorias a mais sendo queimadas. Justamente pela queima a mais de calorias, pois se exercitar no clima frio diminui o possível ganho de peso durante esta época, na qual muitas pessoas tendem a cometer excessos. Se exercitar no inverno tem inúmeros benefícios, sem contar que fica a dica para ir se preparando para a primavera e verão. Sem dúvidas que sua contribuição com o seu organismo em ir preparando-o para melhor se adaptar as mudanças de alimentação e temperaturas, que sempre sofrem nesse período.

Estamos falando de qualidade de vida, de saúde e isso naturalmente significa colher os bons frutos de uma atitude totalmente vital a qualquer ser humano que queira viver bem melhor. Como em qualquer outra época do ano treinar no inverno ajuda a melhorar o humor, pela liberação de hormônios. Abandonar suas atividades por causa do frio pode simplesmente prejudicar o modo como você vem se preparando há algum tempo, principalmente quando passa a desregular o sono e o apetite.

Todos de uma maneira em geral, buscam se movimentar em plena temporada de altas temperaturas, e acabam menosprezando o período de temporada de baixa temperatura, principalmente por atitudes como a preguiça que sempre acaba dominando os mais sem vontade e sem iniciativa. Isso é um trabalho em longo prazo, igualmente a um investimento numa poupança, o que faz com que seus resultados tenham um ganho bem melhor.

E você pode estar se perguntando qual o melhor horário nesse período de baixa temperatura? Sem dúvidas que cada um procura fazer o seu horário de acordo com as suas outras atividades, principalmente quando o trabalho está inserido nele. Quando se tem um local, um ambiente que lhe convém e você acaba se adaptando com ele, sempre procurar não querer fazer loucuras, pois estar bem agasalhado, hidratado, alimentado de acordo com sua necessidade, qualquer que seja a sua atividade, o corpo e a mente sempre irá lhe agradecer. Um profissional da área de saúde, quando necessário e possível, deverá fazer parte de sua escolha, o que muitos de maneira aleatória acham que podem e acabam exagerando, principalmente em atividade física, por sentir e achar que o clima de baixa temperatura cansa bem menos.

Toda orientação e busca pelo conhecimento precisa fazer parte de uma conduta que sempre poderá lhe trazer bons resultados, bons frutos e uma saúde que valha. 

ÚLTIMAS DO AUTOR

Marcos Alves Borba

Marcos Alves Borba

Marcos Alves Borba é educador físico, coach (Sociedade Brasileira de Coaching) e palestrante.

Contato: marcosaborba@hotmail.com

PUBLICIDADE