Criança deixa UTI, mas continua em estado grave

ANDRÉ ESTEVES • 04/03/2018 04:24:51

A criança de dois anos, baleada durante uma troca de tiros na quarta-feira, recebeu alta da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na manhã de sexta-feira e continuará o tratamento em um leito de enfermaria do HR (Hospital Regional Doutor Domingos Leonardo Cerávolo). De acordo com o hospital, o quadro de saúde do garoto ainda é grave, porém estável. A mãe do menino, de 17 anos, também atingida pelos disparos, segue internada na Santa Casa de Dracena. A reportagem entrou em contato com a instituição para obter informações sobre seu estado de saúde, no entanto foi informada de que “não havia ninguém no local que pudesse repassá-las”.

Conforme veiculado por este periódico, a ocorrência foi registrada na manhã do dia 28, na Rodovia General Euclides Figueiredo (SP-563), Rodovia da Integração, no trecho entre Ouro Verde e Tupi Paulista, onde a Polícia Civil buscava um rapaz de 25 anos que teria ido ao perímetro buscar droga. Na ocasião, os agentes avistaram um VW/Gol, com placas de Junqueirópolis. Na sequência, uma mulher desceu do carro, entrou no matagal às margens da rodovia, pegou um pacote com cerca de 266 gramas de crack e retornou ao veículo, momento em que foi abordada e presa.

Diante disso, o motorista do automóvel saiu em alta velocidade na contramão e disparou contra os policiais, que revidaram. A mulher e a criança que estavam na parte de trás do carro foram atingidas. O homem parou o veículo e fugiu para o matagal. Ele continua foragido. Foram apreendidos um revólver calibre 38, uma balança de precisão, um aparelho celular e o automóvel.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste