EM ALERTA

Criança de 3 anos é diagnosticada com meningite

Moradora do Jardim das Flores, em Lucélia, está em coma na santa casa de Marília; diagnóstico foi confirmado pela Prefeitura

  • 16/08/2019 05:48
  • GABRIEL BUOSI - Da Redação

Uma menina de três anos, moradora do bairro Jardim das Flores, em Lucélia, teve confirmado o diagnóstico de meningite bacteriana – pneumococo – pela Prefeitura, na terça-feira. Ontem, para a reportagem, a administração informou que a criança foi recebida no pronto-socorro da santa casa local e, após os procedimentos médicos “cabíveis”, foi encaminhada à santa casa de Marília (SP), que seria uma referência regional para o tratamento. “Este é o primeiro caso confirmado da doença neste ano”, informa a Prefeitura.

Ainda conforme a administração, a menina, na tarde de ontem, estava internada na unidade hospitalar em coma, mas a informação não foi confirmada pela santa casa de Marília, a qual informou que, por normas internas, não poderia disponibilizar o quadro de saúde dos pacientes. Com o último registro da doença em maio de 2017, a Prefeitura de Lucélia, neste momento, orienta, principalmente, que pais e responsáveis de crianças mantenham a caderneta de vacinação em dia para que novos casos sejam evitados.

Vale destacar que, conforme o Ministério da Saúde, a meningite é um processo inflamatório das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal, e pode ser causada por diversos agentes infecciosos, ou também por processos não infecciosos como, por exemplo, medicamentos e neoplasias. “Entre os agentes infecciosos, as meningites bacterianas e virais são as mais importantes do ponto de vista da saúde pública e clínico, devido a sua magnitude, capacidade de causar surtos e, no caso da meningite bacteriana, a gravidade”.

Mesmo com a possibilidade de cura na maioria dos casos, o Ministério da Saúde adverte que há, também, casos em que os pacientes morrem se não houver o diagnóstico e tratamento adequados.