Crianças aprenderam sobre meio ambiente durante visita do especialista

Foto: Crianças aprenderam sobre meio ambiente durante visita do especialista

DESDE A INFÂNCIA

Creche promove conscientização ambiental

Em alusão ao Dia da Amazônia, CEI de Álvares Machado organiza palestra, plantio e ação sobre meio ambiente

  • 05/09/2019 09:20
  • PEDRO SILVA - Especial para O Imparcial

A conscientização ambiental entrou em pauta ontem na creche CEI (Centro de Educação Infantil) Recanto do Amanhecer de Álvares Machado. Em uma atividade com palestras, protestos e plantio de árvores, as crianças comemoraram antecipadamente o Dia da Amazônia, celebrado hoje.

O biólogo e diretor de politicas ambientais da Prefeitura de Presidente Prudente, André Gonçalves Vieira, palestrou para os pequenos sobre a importância da preservação das florestas, do cuidado com os animais e o perigo das queimadas. “É uma ação motivadora, que hoje ganhou mais notoriedade, por causa do desmatamento da floresta Amazônica, e é sempre bom lembrar que isso é algo que é consequência de anos, é um problema crônico, desde a época do descobrimento do Brasil”, comenta André que ressalta a importância de um ato como esse para os pequenos, que leve a conscientização desde cedo sobre o meio ambiente.

O biólogo explicou os males do desmatamento, que prejudicam avanços científicos, como o descobrimento de remédios e possíveis curas para doenças, ressaltou os perigos das queimadas que prejudicam os ares e o clima do continente sul-americano, “Se você observa o Mapa Mundi, percebe o deserto do Atakama (Chile) e do Saara (continente africano), vê que nós estamos, linearmente, interligados, mas o Brasil não tem um deserto. Isso mostra a importância da Floresta lá no norte, para o meio e a parte sul do país. Nós chamamos isso de ‘corredor de rios voadores’, que é o que a Amazônia promove para nós aqui no sul, sudeste. As pessoas precisam se conscientizar”.

A diretora da creche, Luciana do Carmo Garcia, comenta que a ideia da ação de deu baseada na situação atual da Amazônia Brasileira. Através da Base Comum Curricular, está programado que todas as crianças sejam unidas ao meio ambiente, e vivenciar experiências. “Por isso, essa conscientização desde a infância, considerando que eles são o futuro do nosso país”, pontua.

As crianças

Em protesto ao cenário atual do meio ambiente no Brasil, as crianças se fantasiaram de elementos naturais, como folhas, flores e até chamas. Com faixas escritas, mensagens sobre a preservação das matas, os pequenos realizaram uma passeata interna simbólica, e plantaram 6 árvores da espécies Ipê, de variações distintas. “Não pode por fogo na floresta, se não os animais morrem, e eu fico triste com isso”, disse Davi Maciel, de 4 anos, aluno do maternal. “É feio botar fogo na floresta por causa dos animaizinhos” completou Anah Livia, 4 anos, também do maternal.