Flink Sampa

Concurso estimula criatividade, leitura e curiosidade dos alunos

  • 17/01/2019 08:00
  • Espaço infantil

SESI DE ÁLVARES MACHADO


O Concurso Flink Sampa de Literatura, que está em sua 5° edição, é uma ação educativa de estímulo à leitura, à criatividade produtiva e curiosidade dos alunos e está sendo promovido pela Afrobras, a Universidade Zumbi dos Palmares e a Rede Sesi-SP de Ensino.

Esta edição visa aprofundar a questão do protagonismo do negro objetivando promover/incentivar a construção do pensamento artístico, literário e crítico dos alunos.

A homenageada deste ano de 2018 é a escritora poetisa e romancista Conceição Evaristo.

O concurso está acontecendo entre os meses de Julho e novembro de 2018, e se encerrará com a premiação na Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra na Universidade Zumbi dos Palmares em São Paulo.

Os alunos do Sesi 348 de Álvares Machado estão participando em todas as categorias e em seus respectivos níveis, sendo quatro categorias e oito níveis que englobam os alunos de 1° ano do ensino fundamental até o 3º ano do ensino médio.

Algumas categorias: fotografia, ilustração, poemas e poesias.

 

Fotografia - Eloisa de Almeida Bigoni 9º ano

 

 

 

CANSADAS DA VIOLÊNCIA

 

A violência contra a mulher é um fato

E os casos vem aumentando cada vez mais rápido

Não é brincadeirinha, é estrupo

É violência e assassinato.

 

A culpa não é da vitima

Muito menos da sua roupa

O agressor que estava errado

E deve ser denunciado.

 

As mulheres foram reprimidas e abusadas

Por muitas décadas

Sofreram sempre caladas

E estão cansadas de serem espancadas.

 

Estão cansadas de saírem na rua e serem olhadas

Estão cansadas de ouvirem que ser mulher é ser dona de casa

Estão cansadas dos homens falarem como elas devem se comportar

Está na hora de revidar.

 

Andressa Letícia Soares - 1º EM

 

**************************************************************************

 

Lenda folclórica – 2º ano

 

O segredo da ilha de Tanã

 

Conta a lenda que há muito tempo, havia uma ilha chamada Tanã, essa ilha tinha um segredo, que quem a conhecesse não conseguia sair mais dela.

Um homem chamado Zui que possuía muitos bens, soube da ilha e logo pensou em explorá-la, pensando que lá havia riquezas.

Chegando lá percebeu que tudo era maravilhoso, as plantas, os animais, as criaturas fantásticas, e, as poucas pessoas que lá moravam, em uma aldeia. O homem foi muito bem recebido por todos, porém, ele não se interessava pela amizade deles, e sim por riquezas.

Durante dias, ele andou por Tanã, mas nada encontrou que fosse precioso para ele. Desapontado ele decidiu partir, mas a caminho de seu barco percebeu que não conseguia sair, sentiu-se preso aquele lugar.

Voltando para a aldeia, se deparou com uma criatura que lhe chamou muita atenção desde o dia em que chegara na ilha, era o pássaro flamejante, muito abatido e com a asa quebrada, pois havia sido atacado por pessoas que chegaram em Tanã. O homem ao ver o que estava acontecendo, defendeu o pássaro e pediu para os homens pararem com aquela maldade, foi uma grande batalha em defesa do pássaro, Zui arriscou sua própria vida, mas conseguiu vencer.

O chefe da aldeia vendo o que aconteceu, disse que ele havia feito algo grandioso, pois tinha salvo a lendária ave de fogo protetora da ilha e que agora estava pronto para voltar e que as pessoas que machucaram o pássaro deveriam permanecer na ilha até que tivessem apenas bondade em seus corações.

O pássaro flamejante ao se recuperar, contou que esse era o segredo da ilha, pois ela prende o coração das pessoas até que se tornem verdadeiras joias. Zui compreendeu que o segredo para sair da ilha estava em seu coração, assim ele conseguiu partir na certeza de que estava muito mais rico do que quando chegou na ilha.

 

 

 

TRABALHO COM JORNAL EM SALA DE AULA

 

 

 

 

 

 

 

Espaço infantil

Espaço infantil

O canal reúne conteúdo direcionado ao público infantil, com informações, dicas, passatempos, tirinhas, fotos e agenda de eventos direcionados às crianças.

PUBLICIDADE