Secom - Evento realizado no IBC, em Prudente, deve receber mais de 20 mil pessoas, de 14 a 16 de junho

Foto: Secom - Evento realizado no IBC, em Prudente, deve receber mais de 20 mil pessoas, de 14 a 16 de junho

TECNOLOGIA

Começa a montagem das estruturas para a 2ª Batatec

Ontem, trabalhos se concentraram na instalação dos módulos que vão abrigar mais de 30 expositores; feira começa na sexta

  • 11/06/2019 15:01
  • Da Redação

Começou ontem a montagem da estrutura para a 2ª Batatec (Feira Tecnológica da Batata-Doce), no Centro de Eventos IBC, em Presidente Prudente. O evento deve receber mais de 20 mil pessoas, de 14 a 16 de junho.

Ao longo do dia, os trabalhos se concentraram na instalação das treliças do palco principal e os módulos que vão abrigar os mais de 30 expositores do evento. As equipes de trabalho permanecerão no local até o dia da abertura.

A agenda de shows está repleta de atrações para agradar a todos os gostos. Na primeira noite, sobe ao palco a Banda Pai Galo com Sofia Moreno, logo após a cerimônia de abertura, a partir das 19h. Já no sábado, a programação começa às 12h, com Stella. Em seguida, apresentam-se Zé Sérgio e Roberto, Ana Paula Leal e, encerrando a noite, Elly Guimarães. No domingo, haverá shows de Luís Thiago, Orquestra de Viola, Pedro Henrique e Eduardo e Banda Seu Doutor. 

Nos estandes dos parceiros, tudo que há de mais moderno no ramo do agronegócio estará presente: concessionárias de tratores, equipamentos agrícolas, linha náutica, exportadores e importadores e até multinacionais.

“O envolvimento dos produtores tem nos impressionado bastante. Todos estão engajados e querendo que o evento cresça cada vez mais. Este era um dos nossos maiores objetivos quando lançamos o projeto da feira e podemos dizer que a meta foi atingida”, diz o presidente da Aprobarpp (Associação dos Produtores de Batata-Doce de Prudente e Região), Luiz Rocha.

Estima-se que haja na região cerca de 250 produtores do tubérculo. São cerca de 4 mil hectares plantados e uma produtividade que beira as 100 mil toneladas por ano.

Com Secom