Teatro

Com encerramento amanhã, mostra traz 10 atrações no fim de semana

Promovido desde terça em PP, evento contará nestes dois dias, com 4 peças, 1 leitura dramática, 2 oficinas e 3 cenas curtas no Matarazzo

Da Redação • 30/06/2018 08:11:00

Com companhias locais e de fora, abordando os mais diferentes temas no palco, a 14ª Mostra de Teatro - a construção da autonomia artística, realizada desde terça-feira, em Presidente Prudente, chega ao fim amanhã, com atrações para todos os gostos. Neste fim de semana, os amantes da arte poderão conferir, em espaços diversos do Centro Cultural Matarazzo, quatro espetáculos, uma leitura dramática, duas oficinas e três cenas curtas. Toda a programação é gratuita, sendo necessária a retirada de ingressos no local, uma hora antes da apresentação.

Hoje, das 10h às 13h, na Sala de Cinema Condessa Filomena Matarazzo, ocorre a oficina “Intercâmbio de Produção e Gestão de Projetos Culturais: modos de fazer no interior e no litoral”, com a diretora de produção Daniele Sampaio e o ator Eduardo Okamoto, de São Paulo. É ele, inclusive, quem encena, às 15h, com Esio Magalhães e Luciana Mizutani, no Teatro Paulo Roberto Lisbôa, com indicação livre, a peça “O Dragão de Fogo”. No palco, em 50 minutos de duração, eles contam a história de um menino desenhista que precisa enfrentar um dragão desperto de seu sono de séculos e ameaça destruir a sua aldeia.

Na sala 6, às 19h, o público confere, com 75 minutos de duração, a leitura dramática “O Submarino”, de Maria Carmem Barbosa e Miguel Falabella, da Os Bárbaros Cia. de Teatro, de Prudente. A classificação etária é de 14 anos. 

Mais tarde, às 20h30, sobe ao palco a Abayomi & Arca Cia de Teatro, de Votuporanga (SP). Indicado para jovens de 12 anos, o espetáculo “A Cantora Careca” tem 80 minutos de duração e será apresentado no Teatro Paulo Roberto Lisboa. A história passa-se no subúrbio de Londres e narra o cotidiano de dois casais e da empregada Mary. Entre conversas banais e com pouco sentido, nada se ouve e pouco se entende. É o esvaziamento das possibilidades do encontro e entendimento.

Para finalizar a programação deste sábado, às 22h, na Laje, ocorrem as encenações das cenas curtas: “Era uma vez eu, Verônica”, da Stásis Cia. de Teatro; “Pretexto desconexo para falar de amor”, da Companhia de Teatro Garimparisos; e “O Imaginário Dom Real”, da Stásis Cia. de Teatro, todas de Prudente.

Domingo

No último dia, das 10h30 às 12h30, na Área de Convivência do Sesc Thermas, haverá a oficina “Princípios da Improvisação”, com o orientador Douglas Rodrigues Novais.

Na Laje, às 16h, a Cia Arco-Íris, de Prudente, apresenta aos presentes, o espetáculo infantil “Chapeuzinho Vermelho”. Com 50 minutos de duração, a montagem traz a clássica história da menina do chapeuzinho vermelho enviada por sua mãe à casa da vovozinha que está doente. No caminho, encontra o terrível Lobo Mau, que fugiu do jardim zoológico e, então, engana a menina e chega antes à casa da vovó, onde pretendia primeiro devorar a velhinha e depois Chapeuzinho. Entretanto, com a chegada do caçador da floresta, que estava à sua procura, seus planos fracassam. Mas muitas confusões vêm por aí...

Por fim, às 20h, ocorre a encenação na peça “Erêndira”, da Cia 3º Ato de Teatro, de Piracicaba (SP), no Teatro Paulo Roberto Lisbôa. Com 60 minutos de encenações, a peça – com classificação indicativa de 16 anos – traz a história de uma menina que vive com a avó e lhe obedece exaustivamente. Um incêndio destrói a casa onde moravam e os vestígios de uma fortuna já acabada. A avó decide explorar a neta para pagar pelo estrago. Em meio aos abusos, o amor pode mudar seu destino.

A 14ª Mostra de Teatro é uma realização da Olho Nu Promoções e Eventos Ltda. e Mênades & Sátiros Cia. de Teatro, em parceria com o governo de Prudente, através da Secult (Secretaria Municipal de Cultura) e apoio do Sesc Thermas e Poiesis

Com AI da Mostra de Teatro

 

 

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste