"Desacerto"

Com 40 anos dedicados ao samba, intérprete estará fora da folia carnavalesca de 2018

Sabiru divulgou sua decisão pelas redes sociais: "aos amigos e seguidores de modo geral, não faço mais parte da Liga das Escolas de Samba de Presidente Prudente"

OSLAINE SILVA - Da Redação • 01/02/2018 11:10:01

. Foto: Facebook Pessoal, Sambista prudentino Sabiru afirma que tem "orgulho de levar o samba para todos diversos lugares do país"

Repercutiu. Laercio Sabiru Custodio, conhecido como Sabiru no meio do samba, anunciou publicamente em sua página do facebook: “Comunico aos amigos e seguidores de modo geral, que não faço mais parte da Liga das Escolas de Samba de Presidente Prudente, portanto, estou fora do carnaval 2018”.

Na semana passada, a presidente da entidade, Maria Izabel da Silva, mais conhecida como Bel, esteve neste impresso acompanhada de um dos diretores, Francisco Roberto dos Anjos, o Amendoim, para divulgarem os trabalhos da Liga. Na ocasião, ambos mencionaram que o enredo estava em fase de acabamento, e que o intérprete seria Sabiru. Não foi divulgado porque a ideia era fazer outra entrevista com o mesmo falando sobre o assunto, esta semana.

A reportagem entrou em contato com o sambista para saber qual o motivo de seu repentino desligamento da entidade carnavalesca. Sabiru expôs que foi um “desacerto” que houve na diretoria, então, preferiu sair para não ter esse compromisso.

Ele comenta que publicou porque muita gente viaja para vê-lo interpretar. Famílias de amigos já haviam confirmado presença e viriam de Cotia, Botucatu, Narandiba, Álvares Machado e Presidente Epitácio. “Por isso tornei público. Aceitei o convite da Bel para interpretar porque além de amiga pessoal ela é minha parceira de carnaval a vida toda. Em uma entidade existe pessoas que querem ajudar, mas alguns excêntricos acabam atrapalhando. E eu, graças a Deus, consegui muito respeito no samba e não posso estar onde a discórdia impera”, esclarece Sabiru.

Em contato com a presidente da Liga, ela disse “lamentar a saída do intérprete e seu amigo de longa data”. “Fiquei triste, porque o que queremos é o amadurecimento do carnaval. Fazer uma festa de qualidade para todos que gostam e lutam por isso. Eu entrei na Liga para tentar fazer o melhor para este evento”, frisa a presidente Bel.

 

“Meu melhor pagamento é o reconhecimento que recebo por onde passo. Então minha vida é isso: samba, samba, samba”

Sabiru,

sambista

 

Breve histórico

“São 40 anos de samba. Só de samba!”, exclama Sabiru que foi presidente de várias escolas de samba de Prudente e segundo ele, campeão por todas: Unidos do Jardim Paulista (tricampeão) 78, 79, 80; União da Vila 1981 (vice-campeão); Independentes da Zona Leste 1983 (campeão).

“Como cantor, desde os anos 60 imitando Simonal e Jorge Benjor. Intérprete de sambas de enredo desde 1980”, acrescenta o sambista que diz ter se apresentado pela primeira vez na Apea (Associação Prudentina de Esportes Atléticos) a convite de Aloísio Dias Campos e Antonio de Figueiredo Feitosa e, depois disso, passou por todos os clubes da cidade como Ipanema Clube (Paulo Martins); TCPP (Tênis Clube de Presidente Prudente) por Antonio Paulo Sandoval Kuruca e Jaime Barbosa, entre outros.

“E até hoje mantenho o grupo Sabiru e Mulatas. Me orgulho de levar o samba para Prudente e diversas cidades do Estado. No último sábado estive na Golden, em Marília. Meu melhor pagamento é o reconhecimento que recebo por onde passo. Então minha vida é isso: samba, samba, samba”, acentua.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste