Civil investiga causa de incêndio em sala de delegacia de Regente

THIAGO MORELLO - Da Redação • 28/02/2018 14:07:04

. Foto: Polícia Civil, Polícia indica que fogo pode ter iniciado na impressora da sala

O Corpo de Bombeiros de Regente Feijó atendeu uma ocorrência de princípio de incêndio na Polícia Civil da cidade, que destruiu parte de um cômodo da delegacia. Conforme as informações do próprio órgão, as chamas atingiram uma sala, no qual ficam os “arquivos mortos”. Um funcionário do policiamento foi quem constatou o início das chamas pela percepção da fumaça, assim que chegou para trabalhar, por volta das 6h45. O atendimento à população não foi interrompido. Ninguém ficou ferido.

Diante do cenário, os bombeiros foram acionados e contiveram as chamas logo pela manhã. No local, os agentes se deparam com muita fumaça e, após atendimento, o local foi isolado e a perícia acionada. Em vista das causas desconhecidas que podem ter proporcionado a ocorrência, um laudo deverá informar os motivos exatos.

Entretanto, a Polícia Civil lembra que, conforme as informações do Corpo de Bombeiros prestadas a eles, tudo indica que as chamas iniciaram em uma impressora que fica próximo aos arquivos e se alastrou para os papéis. Contudo, eles não descartam a hipótese de tratar-se de um incêndio criminoso ou até mesmo um curto-circuito. A própria polícia investiga o caso.

A área que foi atingida integra o prédio da delegacia, mas fica na parte inferior da estrutura, o que não ocasionou mais danos. Na sala, ainda de acordo com as autoridades, havia botijões de gás, decorrentes de apreensões. A polícia reitera que os arquivos danificados pelo fogo não prejudicarão investigações e processos que estão em andamento, uma vez que os inquéritos recentes ficam separados, sendo assim, não foram atingidos pelas chamas.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste