FIM DO MISTÉRIO

Civil encontra corpo de mulher desaparecida em canavial

Moradora de Adamantina tinha sumido no fim de semana; ex-companheiro dela, de 29 anos, foi preso na capital paulista depois de confessar o crime

  • 28/05/2019 15:32
  • GABRIEL BUOSI - Da Redação

A Polícia Civil de Adamantina solucionou um caso de feminicídio registrado na cidade e que estava em aberto desde o fim de semana. Conforme informações da Delegacia de Investigações Gerais, um homem de 29 anos foi preso temporariamente, já que responde ainda por homicídio triplamente qualificado e ocultação do cadáver da ex-companheira, de 30 anos.

Segundo a corporação, o desaparecimento da vítima ocorreu no domingo, sendo que familiares registraram um boletim de ocorrência na manhã da segunda-feira. “Imediatamente a equipe da Delegacia de Investigações Gerais iniciou as atividades de Polícia Judiciária, identificando o suspeito, um homem de 29 anos que havia tido um relacionamento amoroso com a vítima”.

O suspeito era morador de São Paulo e teria passado por Adamantina no final de semana do desaparecimento, na tentativa de reatar o relacionamento com a vítima. “Com apoio de equipes da Polícia Civil da capital, o homem foi localizado e conduzido a uma delegacia, onde foi interrogado e confessou ter estado em Adamantina no final de semana e assassinado a vítima, ocultando seu corpo na zona rural”.

Em prosseguimento às investigações, a equipe de policia iniciou diligências para encontrar o corpo, encontrando-o em um canavial. Com isso, foi decretada a prisão temporária do suspeito, que permanece em custódia e à disposição da Justiça, respondendo por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.