Arquivo - Ação consiste na fiscalização de veículos a diesel que estejam emitindo poluentes

Foto: Arquivo - Ação consiste na fiscalização de veículos a diesel que estejam emitindo poluentes

FUMAÇA PRETA

Cetesb autua 36 motoristas na Raposo Tavares

Por meio da Escala de Ringelmann Reduzida, agentes fiscalizaram a emissão de fumaça de 1.125 veículos movidos a diesel; multa aplicada é de R$ 1.591,80

  • 12/06/2019 05:39
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

A Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) realizou ontem a Operação Inverno 2019 em diversos pontos da malha viária estadual. A ação consiste na fiscalização de veículos movidos a diesel que estejam emitindo poluentes na atmosfera, conforme análise visual da fumaça por meio da Escala de Ringelmann Reduzida. Em Presidente Prudente, agentes da companhia estiveram no km 561,5 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), ao lado da base da Polícia Militar Rodoviária. Durante a ação, foram fiscalizados 1.125 veículos a diesel, sendo que do total, 36 motoristas foram autuados por emissão da fumaça preta.

Segundo a Cetesb, a multa é emitida automaticamente, sem a necessidade de o veículo estacionar na via. A autuação para quem estiver com o veículo em condições irregulares é de R$ 1.591,80, valor que pode dobrar caso houver reincidência no período de um ano. Por meio da ação, a companhia almeja a conscientização de motoristas sobre a importância da manutenção do veículo para reduzir a emissão de poluentes na atmosfera, especialmente, em épocas secas do ano.

Para a presidente da Cetesb, Patrícia Iglecias, o objetivo da operação não é punir os condutores, mas conscientizar. “Nosso objetivo é chamar a atenção da população para que se engaje nesta questão ambiental e de saúde pública. A Cetesb possui um programa para melhoria da manutenção de veículos a diesel, no qual o valor da multa pode ser reduzido em até 70%, caso o responsável comprove que os problemas do veículo foram sanados”, afirma. A presidente também salienta sobre a intensificação da operação em razão da falta de chuvas, aumento da poluição atmosférica, o que resultam em complicações respiratórias.

Saiba mais

A Operação Inverno ocorre no Estado de São Paulo desde 1984, entre os meses de maio a setembro. De acordo com a companhia, neste período são previstas mensagens educativas, conversas com motoristas em terminais de cargas, bem como megacomandos em rodovias da capital, litoral e interior. Apenas no ano passado, houve 151.349 verificações de veículos a diesel, sendo efetuadas 2.930 autuações.