Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social/Cedida - secretária, Célia Parnes, falou sobre promover o "envelhecimento ativo"

Foto: Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social/Cedida - secretária, Célia Parnes, falou sobre promover o "envelhecimento ativo"

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Centro de Convivência do Idoso é inaugurado em Salmourão

Local tem capacidade para atender cerca de até 200 idosos independentes a partir dos 60 anos; obra teve um custo total de R$ 267.504,22

  • 25/09/2019 09:46
  • DA REDAÇÃO

A secretária estadual de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, inaugurou nesta terça-feira o CCI (Centro de Convivência do Idoso) “Pedro Epifânio Neto”, no município de Salmourão, região de Presidente Prudente. A entidade integra o Programa SP Amigo do Idoso, coordenado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social. O local tem capacidade para atender cerca de até 200 idosos independentes a partir dos 60 anos.

De acordo com a pasta, a obra teve um custo total de R$ 267.504,22, sendo que R$ 250 mil foram investidos pelo Governo do Estado, e R$ 17.504,22 foi ada contrapartida da prefeitura de Salmourão.

O CCI vai oferecer as seguintes atividades: esportivas, comunitárias, trabalho socioeducativo com objetivo de incentivar o convívio e o fortalecimento de vínculos de laços, atividades, palestras, oficinas, entre outras que serão apresentadas em uma exposição no próprio local. “Instalado na Rua Antônio Xavier da Silva, 199 - Centro - o equipamento tem 200m² de área construída, possui um salão de convivência, três sanitários [feminino, masculino e de acessibilidade], cozinha, despensa, área de serviço e escritório”, completa a secretaria.

“Queremos avançar na criação de uma cultura para o envelhecimento ativo. Espaços como este possibilitam que nossos idosos possam viver mais e melhor, tendo uma vida digna e mais saudável”, complementou a secretária.

 

CCIs

A finalidade dos CCIs é oferecer um espaço de socialização para evitar o isolamento da pessoa da Terceira Idade. No local, idosos independentes com mais de 60 anos têm a opção de despertar para novas habilidades por meios de diversas atividades socioeducativas e culturais.

 

Programa SP Amigo do Idoso

Lançado em 2012, o programa tem o objetivo de executar ações efetivas e integradas para a garantia do envelhecimento ativo do idoso, fortalecendo seu papel social e resultando em uma nova postura diante do envelhecimento. O São Paulo Amigo do Idoso propõe ações intersecretariais voltadas à proteção, educação, saúde e a participação da população idosa do Estado. São 11 Secretarias de Estado envolvidas e o FUSSP (Fundo Social de São Paulo), sob a coordenação da Secretaria de Desenvolvimento Social.