Carim promove ações preventivas até quinta

Entre as atividades programadas, associação lança hoje, em parceria com a OAB, a cartilha do paciente renal crônico

BEATRIZ DUARTE • 06/03/2018 11:47:20

O Carim (Associação de Apoio ao Paciente Renal Crônico) é a entidade responsável em Presidente Prudente, por prestar auxílio para os pacientes com doenças renais, em fases de hemodiálise, peritoneal, tratamento conservado e auxílio para os transplantados. Atualmente, atende 436 pacientes e possui 20 voluntários. Neste mês, em alusão ao Dia Mundial do Rim, celebrado em 8 de março, tem programadas diversas ações de prevenção, com a expectativa de atender 600 pessoas.

A primeira ocorre hoje, com o lançamento da cartilha do paciente renal crônico, em parceria com a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). De acordo com a assistente social Elaine de Oliveira Almeida, 36 anos, o material vai atingir todos os públicos. Além de conter informações sobre os direitos, necessidades e dificuldades dos pacientes, ele também vai apresentar indicações para prevenir a doença. Em parceira com a SBN (Sociedade Brasileira de Nefrologia), a cartilha terá alcance nacional. O evento de lançamento ocorre no Centro Cultural Matarazzo, às 19h.

Já amanhã, o Cras (Centro de Referência da Assistência Social), do bairro Morada do Sol, recebe a equipe do Carim, junto aos agentes da saúde do Hospital do Câncer, que estará com o ônibus para fazer o exame de prevenção nas mulheres e prestar orientação sobre a doença de rim. O horário é das 8h às 12h.

Na quinta-feira, 8 de março, quando além do Dia Mundial do Rim, comemora-se também o Dia Internacional da Mulher, a população seguirá recebendo atendimento de diversos serviços, como: pressão arterial, glicemia, orientação nutricional, identificação de público de risco. Os participantes poderão realizar os exames de creatinina e urina, que identificam se o cidadão possui algum problema no rim.

 

Trabalhos

Elaine ressalta que a associação está presente na parte do direcionamento de pacientes vulneráveis, como a orientação sobre os direitos dos doentes renais crônicos e encaminhamento aos órgãos públicos. Além disso, a carteirinha de identificação preferencial foi um projeto realizado pelo Carim, o documento possui foto e todos os dados do paciente. “É importante porque caso ele passe mal, ao ser identificado pelo seu caso clínico, os médicos sabem como proceder, pois não é todo tipo de medicamento que ele está autorizado a tomar”, explica.

Sem uma casa de apoio disponível, o trabalho é realizado dentro dos hospitais, e com atendimento no espaço com palestras e oficinas. Segundo a responsável, para este mês, nas campanhas programadas, além do objetivo de promover orientações e prevenção à população, o foco é a prestação de serviço às mulheres. “O intuito é a prevenção, porque percebemos que quando realizando as campanhas conseguimos levar as informações para as pessoas”.

Ela comenta que o maior objetivo das ações é diminuir o número de pessoas que chegam às máquinas de hemodiálise, pois tem se observado com os anos, o aumento da faixa etária. “Antes quem tinha mais problema de rim eram os adultos e idosos, hoje vemos crianças e adolescentes passando por tratamento, isso vem chamando a atenção da associação”.

 

SERVIÇO

Lançamento cartilha

Data: 7 de março

Horário: 19h

Local: Centro Cultural Matarazzo

Endereço: Rua Quintino Bocaiúva,749 - Vila Marcondes

 

Semana Mundial do Rim

Data: 7 e 8 de março

Horário: 8 às 12h

Local: Cras Morada do Sol

Endereço: Rua Amélia Álvares Gomes, 10 - Jardim Morada do Sol

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste