Campeonato de Futsal João Ribeirinha chega à semifinal

Quatro melhores equipes do torneio se enfrentam hoje, no Ginásio Municipal de Esportes “Beira Rio”

JULHIA MARQUETI - Especial para O Imparcial • 09/08/2018 09:03:00

Com competições iniciadas no dia 29 de maio, o 1° Campeonato de Futsal João Ribeirinha vai chegando ao fim. De 12 times, apenas quatro se mantiveram vivos e se enfrentam em busca do título do torneio. Hoje, a partir das 20h, no Ginásio Municipal de Esportes “Beira Rio”, a semifinal da competição coloca frente a frente D.M.S. Alto Falantes e Joga Samba FC/Borracharia Pit Stop, além da Turma do Bairro e Metal & Arte/Detonautas.

Segundo Joel Gonçalves Bueno, um dos organizadores, o campeonato tem como objetivo dar um pouco de diversão aos moradores da cidade. “Não só aos jogadores, aqueles que entram em quadra, mas também para aqueles que vão até o ginásio torcer. Tivemos um número muito bom de torcedores, pretendemos continuar até a final”, destaca.

Para chegarem à fase decisiva do torneio, a equipe D.M.S. Alto Falantes venceu a A.A. Vila Esperança/Epinews, pelo placar de 2 a 0. Por outro lado, a equipe Joga Samba FC/Borracharia Pit Stop, bateu a Casa das Cortinas, pelo placar de 5 x 2.

Com o objetivo de chegarem à disputa do título, os representantes dos times destacaram respeito aos jogadores adversários, além da união que há nos grupos. “Em meio às adversidades temos desempenhado um excelente papel pela vontade de vencer e respeito aos adversários. Vamos muito bem para a semifinal, com um time maduro que sabe o que quer”, destaca Ederson, do Joga Samba.

O tempo para preparação é o maior problema daqueles que compõe as equipes, já que a maioria dos participantes trabalha. “Temos 15 atletas, porém, três trabalham fora. Aqui todos somos amadores, todos trabalham duro em seus respectivos empregos e não temos tempo de treinar”, conta Ederson, que é completado por Fernando, representante do Metal & Arte. “Como a maioria dos atletas trabalha, alguns fazem treinamento individual e outros participam no meio da semana de um treinamento”, explica. Além destes, o grupo do Aparecido, da Turma do Bairro é o que melhor consegue se organizar durante a semana. “Treinamos duas vezes na semana e, às vezes, fazemos um trabalho físico no campo de areia”, conta.

Mesmo com todos os problemas, a maioria dos representantes garante que, independente se consegue fazer treino ou não, o objetivo vai ser chegar à final, cada um com o seu pensamento. “Vamos confiantes para esses jogos já que o grupo está muito unido”, enfatiza Aparecido. Aguardando um jogo ‘pegado’, Ederson conta conhecer o adversário. “Espero estar na final com um jogo excelente contra o outro time e fazendo um jogo leal e competitivo, mas vai vencer quem errar menos”, afirma.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste