Cotidiano

Cai número de acidentes de trânsito em 2018

Acaba de ser divulgada notícia positiva sobre a queda nas estatísticas de mortes no trânsito no país. O total caiu 18% no início do ano até agosto, em comparação com os oito primeiros meses de 2017, segundo dados a partir do DPVAT (Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre). De janeiro a agosto, o total de indenizações pagas por acidentes somaram 216.023, contra 263.841 registrados no mesmo período do ano passado, uma redução de 47,8 mil casos. O melhor é que reduziu não apenas o total de acidentes como estes, na média, tornaram-se “menos graves” n

  • 27/10/2018 04:30
  • Contexto Paulista

Cai número de acidentes

de trânsito em 2018

Acaba de ser divulgada notícia positiva sobre a queda nas estatísticas de mortes no trânsito no país. O total caiu 18% no início do ano até agosto, em comparação com os oito primeiros meses de 2017, segundo dados a partir do DPVAT (Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre). De janeiro a agosto, o total de indenizações pagas por acidentes somaram 216.023, contra 263.841 registrados no mesmo período do ano passado, uma redução de 47,8 mil casos. O melhor é que reduziu não apenas o total de acidentes como estes, na média, tornaram-se “menos graves” neste ano, ou seja, mataram e feriram menos. Historicamente, houve um crescimento de 30% nas fatalidades em acidentes de trânsito entre os anos de 2000 a 2007, mas desde a aplicação da Lei 11.705/2008, que endureceu as penas para os condutores que dirigem sob a influência de álcool e substâncias psicoativas, a tendência vem sendo de queda nas estradas e áreas urbanas. Em 2018, a considerar os números até aqui, registra-se um grande avanço.

 

Confiança

Com a definição do cenário político, deverá subir o otimismo do setor supermercadista, segundo pesquisa feita pela Apas (Associação Paulista de Supermercados no Estado de São Paulo). O otimismo geral deverá se elevar dos atuais 25% para 55%. O mesmo serve para o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, que tem 5% de otimismo na percepção atual, mas 60% de expectativa de aumento futuro. Na média, as vendas de fim de ano devem apresentar crescimento de 2%.

 

Temporários

A expectativa de contratação de temporários no setor supermercadista para as datas de final de ano é de cerca de 6 mil pessoas. “Esta é a época do ano em que fluxo de consumidores aumenta bastante. Para se ter uma ideia, no Natal vende-se 22% mais que a média mensal do setor e o número de consumidores aumenta mais de 11%, exigindo reforço no quadro de funcionários nas lojas”, analisa Thiago Berka, economista da Apas. De acordo com 80% dos empresários do setor, cerca de 5% dos trabalhadores temporários contratados para o período de final de ano serão efetivados e começarão 2019 com registro na carteira de trabalho.

 

Força do Interior

Pesquisa da ABF (Associação Brasileira de Franchising) aponta para a tendência de interiorização das franquias. Segundo levantamento recente, na comparação entre os primeiros semestres de 2017 e 2018, o movimento de interiorização das franquias pelo Estado de São Paulo prossegue, tanto quanto à abertura de unidades como em relação à chegada das redes nos diversos municípios paulistas. “Além da Capital, o interior paulista tem se mostrado um terreno muito fértil para o franchising brasileiro. Com uma economia diversificada, empreendedores locais e o desejo dos consumidores por produtos e serviços cada vez mais sofisticados, de fato, o interior paulista reúne as condições para o desenvolvimento tanto de redes franqueadoras, como de franqueados”, diz Altino Cristofoletti Junior, presidente da entidade.

 

Investimento paulista

Nos próximos cinco anos, a rede Zapata, de comida mexicana, prevê a abertura de 50 novos unidades, boa parte no Estado de São Paulo.

 

Cidades Criativas

Santos foi escolhida para sediar, em 2020, o encontro anual da Rede de Cidades Criativas da Unesco (Organização para a Educação, a Ciência e a Cultura das Nações Unidas). O objetivo é a demonstração do poder da criatividade e da cultura como fatores de desenvolvimento social, urbano e econômico sustentável para redução das desigualdades no mundo. Atualmente, 180 cidades de 72 países fazem parte da rede, oito delas no Brasil. 

 

Polícia Civil

Nas contas do sindicato da categoria, atualmente há uma carência de 717 delegados de polícia no Estado de São Paulo, além de 3.060 investigadores, 2.895 escrivães, 855 agentes de telecomunicação, 924 agentes policiais, 300 papilocopistas, 450 auxiliares de papilocopistas, 269 médicos legistas, 262 peritos criminais, 154 fotógrafos, 42 desenhistas e 102 atendentes de necrotério.

 

Detector de fake news

Uma nova ferramenta pretende analisar características de textos para identificar se afirmações difundidas na internet ou por aplicativos de mensagens são verdadeiras ou falsas. O detector de fake news foi desenvolvido por um grupo de pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo) e da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) e está em fase de testes, mas já é possível consultá-lo, segundo a Revista Pesquisa, da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). Para fazer a checagem de uma notícia, basta acessar o site ou o perfil do projeto no WhatsApp e inserir o conteúdo duvidoso. Em poucos segundos, o sistema indica se a notícia pode ser falsa ou se aparenta ser verdadeira.

 

Computação

Intitulada Detecção Automática de Notícias Falsas para o Português, a plataforma foi desenvolvida pelo grupo de pesquisa coordenado pelo cientista da computação Thiago Pardo, do Nilc (Núcleo Interinstitucional de Linguística Computacional), nocampus de São Carlos da USP. Os resultados foram descritos na publicação “Computational Processing of the Portuguese Language”, que reúne contribuições apresentadas em uma conferência internacional realizada em Canela, Rio Grande do Sul, no final de setembro.