Rio Aguapeí

Caçadores são multados por abate de capivaras

Auto de infração ambiental elaborado resultou na multa de R$ 1 mil para cada envolvido; arma e munições foram apreendidas

ROBERTO KAWASAKI - Da Redação • 08/05/2018 20:29:56

Três homens foram multados em R$ 1 mil cada um, por terem matado duas capivaras às margens do Rio Aguapeí, em Adamantina. O fato ocorreu por volta das 22h30 de segunda-feira, momento em que a equipe da Polícia Militar Ambiental flagrou a ação, enquanto realizavam fiscalizações nas proximidades. Com os indivíduos foi localizada uma arma de calibre 20 e dois cartuchos do mesmo calibre, que foram apreendidos.

Durante uma fiscalização pelas margens do Rio Aguapeí, os agentes da Polícia Militar Ambiental ouviram três disparos de arma de fogo nas proximidades, momento em que avistaram uma embarcação que seguia o percurso pelas águas. Diante do ocorrido, os policiais se deslocaram pelos possíveis locais em que a embarcação poderia atracar e, após as buscas, localizaram a o barco em um rancho próximo à cachoeira Salto Botelho, em Lucélia.

Conforme a corporação, no local abordaram três homens que faziam a limpeza de duas capivaras, sendo que um dos animais já estava cortado em diversos pedaços, e o couro e a barrigada acondicionados em um saco plástico. Ainda no rancho, foi localizada uma espingarda de calibre 20, juntamente com dois cartuchos de mesmo calibre. Questionado sobre o armamento, o proprietário não apresentou o certificado de registro e nem guia de tráfego.

Diante dos fatos, foram elaborados autos de infração ambiental e os três indivíduos foram multados em R$ 1 mil cada um por matar espécimes da fauna silvestre sem a devida autorização de autoridade competente. Após apresentação na Delegacia de Polícia, a arma de fogo ficou apreendida e os animais foram destruídos no aterro sanitário de Dracena.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste