165,5 kg de cocaína

Bolivianos vão CDP de Caiuá

THIAGO MORELLO - Da Redação • 27/02/2018 13:59:23

Os dois bolivianos que se envolveram em duas ocorrências distintas de tráfico de drogas, no domingo, foram encaminhados ontem ao CDP (Centro de Detenção Provisória) de Caiuá. Ao contar os dois casos, o policiamento conseguiu localizar e apreender 165,534 kg (quilos) de cocaína, seja sólida ou líquida, e mais 153 gramas de folha de coca. Os dois acusados, sendo um de 28 anos e o outro de 35, respectivamente, foram detidos na Rodovia Raposo Tavares (SP-270).

No primeiro caso, o homem estava em um ônibus interestadual, que fazia o itinerário de Campo Grande (MS) em sentindo à capital paulista, que foi parado para fiscalização no km 630 da pista, em Presidente Venceslau, por volta das 16h30. Em entrevista com os agentes, segundo informações da Polícia Militar Rodoviária, ele demonstrou nervosismo, o que motivou uma busca pessoal. Com isso, em uma das malas que ele carregava, a polícia localizou cinco bandejas de madeira, contendo em seu interior cocaína líquida, que após pesada totalizou a quantia de 4,374 kg.

Na ocasião, o detido expôs que foi contratado no local de origem do ônibus, por uma pessoa desconhecida, para que ele levasse a droga até o Terminal Rodoviário Barra Funda, em São Paulo (SP). Pelo serviço, ele ganharia R$ 3 mil.

No mesmo dia mais tarde, às 23h15, a Polícia Militar Rodoviária deteve o segundo boliviano, no km 648 da SP-270, desta vez em Presidente Epitácio. Por sua vez, o envolvido estava conduzindo um micro-ônibus com placas de São Paulo. O veículo foi vistoriado e os agentes localizaram um fundo falso no assoalho, no qual continha 161,160 kg de cocaína, além de 153 gramas de folha de coca. A polícia não informou qual a destinação do entorpecente.

Nos dois casos, ambos os bolivianos foram detidos na delegacia das cidades onde se encontravam. No primeiro caso, o individuo foi enviado à Cadeia Pública de Venceslau e, no segundo, o homem permaneceu na carceragem local. Na tarde de ontem, eles passaram por uma audiência de custódia, que indiciou a unidade prisional para recolhimento.

 

Osvaldo Cruz

No dia anterior, no sábado, a Polícia Militar também atendeu uma ocorrência de tráfico de drogas, em Osvaldo Cruz, mas que acabou em caso de tentativa de homicídio. Na Vila Santa Helena, em um bar, os agente se deslocaram até o estabelecimento que estava sob denúncia de ser um ponto de comercialização de drogas.

Ao avistar o policiamento, o proprietário do local correu para o depósito, mas foi detido. Em fiscalização, os agentes localizaram dois tabletes de maconha e a quantia de R$ 221. Entretanto, ainda de acordo com o policiamento, ele partiu para cima dos militares com uma faca e foi alvejado com dois tiros. Ele foi socorrido para o pronto-socorro da santa casa.

Com o auxílio do canil, a polícia ainda localizou 12 porções de maconha em um imóvel que fica aos fundos do bar, uma porção da droga enterrada e outra quantia em dinheiro, desta vez de R$ 3.131.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste