Foto: Nathalia Rodrigues de Almeida, de Presidente Prudente, é uma das selecionadas para o She++ é um programa extracurricular da Universidade Stanford

Foto: Foto: Nathalia Rodrigues de Almeida, de Presidente Prudente, é uma das selecionadas para o She++ é um programa extracurricular da Universidade Stanford

BOM DIA

BOA NOTÍCIA

Paciência e perseverança têm o efeito mágico de fazer as dificuldades desaparecerem e os obstáculos sumirem.

  • 03/03/2020 04:00
  • Sinomar

Eram 10 vagas para universitárias da área de computação como embaixadoras do programa She++, da Universidade Stanford, nos Estados Unidos. Apenas três brasileiras foram escolhidas, duas delas da USP (Universidade de São Paulo) e uma do curso de Sistemas de Informação, da Fipp (Faculdade de Informática) da Unoeste. Nathalia Rodrigues de Almeida tem apenas 20 anos e está no 5º termo da graduação. Em sua primeira viagem para o país norte-americano, ela conta como conquistou a vaga, como soube do programa e o que fará na Califórnia a partir do dia 1º de abril deste ano.

O She++ é um programa extracurricular da Universidade Stanford, feito por alunas da área de computação da instituição com a missão de diminuir a desigualdade de gêneros nesta área.

 

EM ABRIL

A estudante prudentina Nathalia Rodrigues de Almeida chegará à Califórnia no dia 1º de abril e o  programa She++, da Universidade Stanford será realizado nos dias 2, 3 e 4. Ela retorna ao Brasil apenas no dia 5 do mesmo mês. “Lá, iremos conhecer as grandes empresas do Vale do Silício como o Google, o Facebook e algumas startups. Em um dos dias iremos até a Universidade Stanford visitar o campus e participar de palestras com os professores de lá. Ao fim, será realizada uma festa de gala com todos os profissionais das empresas visitadas, os professores de Stanford e as participantes do She++. Isso é feito para que as embaixadoras consigam contatos e mentores das empresas e da universidade”, conta.

 

MISSÃO

Durante o ano em que Nathalia Rodrigues de Almeida atuará como embaixadora do She++, ela terá a missão de desenvolver atividades de captação de meninas e mulheres para a área de computação na cidade de Presidente Prudente. “Não tenho uma programação definida a seguir, mas pretendo ministrar palestras, cursos e tudo o que for possível para contar sobre minha experiência. Sou a única mulher na minha sala em Sistemas de Informação, quero mudar este cenário daqui pra frente”, finaliza.

 

ESPECIALIZAÇÃO

Raquel Ribeiro Galbiati, 28 anos, formada pela Faculdade de Medicina de Presidente Prudente, conclui a Residência em Pediatria, e agora ingressou em Nutrologia Infantil, segunda formação médica, agora no Hospital das Clínicas (USP).

 

A pediatra Raquel Ribeiro Galbiati, comemorando a nova formação profissional, com a avó Dionizia Biondo de Souza

 

Darci Galbiati e Mirian Ribeiro Galbiati, com a filha Raquel, na diplomação da Residência em Pediatria

ÚLTIMAS DO AUTOR

Sinomar

Sinomar

A coluna Sinomar Calmona traz imagens e informações sobre os principais eventos sociais que acontecem em Presidente Prudente e região, além de notas jornalísticas de prestação de serviço e curiosidades.

PUBLICIDADE