Bioma pampa

  • 09/01/2020 04:05
  • Marco Antonio Del Grande Alegre

O pampa, também conhecido como campos do Sul ou campos sulinos, ocupa uma área de aproximadamente 2% do território nacional e é constituído principalmente por vegetação campestre, como gramíneas, herbáceas e algumas árvores. No Brasil, o pampa está presente no Estado do Rio Grande do Sul, ocupando parte do território gaúcho, além dos territórios da Argentina e Uruguai.

O solo, em geral, em algumas regiões é fértil, mas sujeitos à desertificação, sendo bastante utilizado para a agropecuária. O pampa é uma região de clima temperado, do tipo subtropical, com temperaturas médias que variam entre 15 e 18° C, formada por coxilhas, onde se situam os campos de produção pecuária e as várzeas, que se caracterizam por áreas baixas e úmidas.

A região Sul tem, na pecuária, uma tradição que se iniciou com a colonização do Brasil. Os campos no Rio Grande do Sul ocupam uma área de aproximadamente 40% da área total do Estado. A latitude reforça as influências das massas de ar oriundas da região polar e da área tropical continental e Atlântica. A movimentação e os encontros destas massas definem muitas de suas características climáticas. Tempestades muito intensas são comuns na primavera e no verão, e tem entre os relâmpagos mais frequentes e os mais altos topos de nuvens convectivas do mundo. 

O solo, em geral, em algumas regiões é fértil, mas sujeitos à desertificação, sendo bastante utilizado para a agropecuária

As tempestades severas produzem intensas tempestades de granizo, inundações, bem como a região mais consistentemente ativa de tornados fora dos Estados Unidos central e sudeste. Apesar de sua riqueza de espécies, a vegetação dos campos sulinos não é protegida adequadamente pelas atuais políticas de conservação. Nas últimas décadas, cerca de 25% da área foi perdida, devido a mudanças no uso da terra e sua representatividade nas unidades de conservação é extremamente baixa (menos de 0,5%).

O pampa da Campanha Meridional encontra-se dentro da área de maior proporção de campos naturais preservados do Brasil, sendo um dos ecossistemas mais importantes do mundo e tem importante contribuição na preservação da biodiversidade, principalmente por atenuar o efeito estufa e auxiliar no controle da erosão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ÚLTIMAS DO AUTOR

Mercado Regulado de Carbono

  • 20/02/2020 06:08

Incertezas na COP25

  • 06/02/2020 05:02

O que é a COP?

  • 23/01/2020 04:13
Marco Antonio Del Grande Alegre

Marco Antonio Del Grande Alegre

Advogado e CEO da MG Carbon - Projetos de Carbono. Contato: marco.alegre@yahoo.com.br

PUBLICIDADE