Passado quilombola

Bate-papo com indígenas da Vanuíre encerra exposição

Encontro reuniu criador das obras de “Sai da Moita” e educadores do Museu Índia Vanuíre; em seguida, houve contação de histórias e pintura corporal

Da Redação • 10/06/2018 08:55:35

. Foto: Dovulvação, Há pouco mais de três meses, artista paulistano Rodrigo Bueno criou uma série de obras para o Sesc Thermas de Prudente

Há pouco mais de três meses, o artista paulistano Rodrigo Bueno criou uma série de obras para o Sesc Thermas de Presidente Prudente entorno do passado quilombola, indígena e imigrante da região oeste paulista, reunidas na instalação “Sai da Moita”, exposta no bosque da unidade.

Em clima de despedida da exposição, que se encerra neste domingo, o artista se reuniu com indígenas da Aldeia Vanuíre e educadores do Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre, ambos de Tupã, para um bate-papo sobre as identidades ocultas do território desta região. O encontro ocorreu no palco das obras, o bosque do Sesc Thermas, às 15h.

Na atividade, os indígenas contaram e dividiram histórias, compartilhando experiências e perpetuando um conhecimento oral que se transmite de geração em geração há milênios.

Dentre tantas, a história da marca de muitas etnias indígenas, a pintura corporal, que não só será apresentada, mas também foi vivenciada pelo público com as instruções dos Vanuíres. A prática de pintar o corpo tem tanto sentido para os indígenas, que expressa o que o indivíduo representa no grupo e até o estado civil, além de diferenciar clãs e famílias.

Aberta em 4 de março deste ano, a instalação “Sai da Moita” recebeu, durante pouco mais de três meses em exposição, um público de mais de 6 mil pessoas. Criada por Rodrigo Bueno, teve a curadoria do artista Fábio Delduque.

Com a exposição, Bueno realizou uma investigação que celebra a família de raças da humanidade num processo que dialoga com a história do Brasil e do mundo. Ele está à frente do Ateliê Mata Adentro, um galpão no bairro paulistano da Lapa, onde realiza diversos processos criativos que recuperam resíduos da cidade e com pinceladas certeiras os transforma em arte.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste