GRAMADO

Baixas temperaturas do sul atraem turistas

A cidade mais bela da Serra Gaúcha fica ainda melhor na temporada de inverno

Da Redação • 06/08/2018 09:15:56

A avenida central de Gramado: cidade não tem semáforos. O trânsito é controlado pelas rótulas. Foto: Sinomar Calmona

Com estilo europeu na arquitetura e no frio intenso - com temperaturas abaixo de zero - Gramado oferece aos turistas desde sofisticados hotéis e restaurantes, até pousadas aconchegantes e confortáveis.

Os destaques da cidade são a hotelaria, a gastronomia, móveis da região, chocolates caseiros, fábricas e lojas de couro e os passeios típicos da região.

Quem vem a Gramado tem que tomar um café colonial à tarde, degustar um belo vinho ao lado de uma lareira e provar um fondue, prato típico suíço. Passear no Lago Negro nos pedalinhos, caminhar no Lago Joaquina Rita Bier e no centro da cidade na rua coberta. É impossível não levar os produtos típicos da cidade como os chocolates caseiros, malhas, artesanato, couro e produtos coloniais.

Gramado é uma cidade do estado do Rio Grande do Sul, e fica situada na Serra Gaúcha. Estima-se uma população de 40 mil habitantes aproximadamente. Possui uma forte influência italiana e alemã, o que é facilmente notado na arquitetura da cidade e na culinária tanto rural quanto urbana. É o terceiro lugar mais visitado por turistas no Brasil.

Apresenta uma grande variedade de opções alimentares, que vão desde as churrascarias típicas gaúchas até restaurantes com comida alemã, italiana e suíça, galeterias, cantinas, casas de chá e os famosos cafés coloniais. Tudo muito bem acompanhado por um vasto cardápio de bons vinhos e licores.

Vinhos e produtos relacionados à colonização europeia, especialmente alemã e italiana, também excelente opção de compra. Vinhos das melhores vinícolas da região serrana são encontrados com facilidade. Ainda existe, uma grande variedade de alimentos produzidos a partir de receitas tradicionais alemãs e italianas, como queijos, salames, patês, geleias e doces de leite ou frutas.

Gramado foi fundada por descendentes açorianos, também conhecidos como tropeiros, que faziam da região um ponto de descanso para o gado. Em 1913 a região ficou praticamente despovoada, até que chegaram os descendentes de imigrantes alemães e italianos, que fez a união da cultura e a culinária com os poucos povos que ali estavam.

O município faz parte das bacias do rio dos Sinos e Caí possui uma região de araucárias, além de serem entrecortados por vários outros riachos, cascatas e lagos.

Tem um clima subtropical, no verão a temperatura chega a aproximadamente de 22 graus, tendo alguns dias mais quentes, mas com noites refrescantes, devido ao ar das montanhas e dos bosques. O Inverno chega a ser rigoroso com temperaturas abaixo de zero e fortes geadas, que tem cor de neve e deixa as paisagens esbranquiçadas no amanhecer. O orvalho que congela sob as baixas temperaturas também deixa o visual serrano mais charmoso em dias de inverno – e isso atrai turistas de todo Brasil.

 

Vizinhança

A 8 km de Gramado encontramos a cidade de Canela. Canela reúne atrações semelhantes a Gramado em termos de compras e alimentação com passeios inigualáveis. Canela é mais tranquila e também a melhor opção quando Gramado está lotada.

O estilo arquitetônico enxaimel, típico alemão, é comum de se ver nas construções de Gramado

Foto: Sinomar Calmona

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste