Polícia Militar - Armas de fogo e drogas estavam em imóvel no Parque dos Pinheiros, em Machado

Foto: Polícia Militar - Armas de fogo e drogas estavam em imóvel no Parque dos Pinheiros, em Machado

APÓS DENÚNCIA

Baep prende homem e desmantela ponto de tráfico em Machado

Em residência, foram apreendidas duas armas de fogo, munições e porções de cocaína; indivíduo alegou aumentar volume de droga

  • 20/04/2019 11:17
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

Nesta madrugada, a equipe do 8º Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) desmanchou um ponto de tráfico de drogas na Rua Gonçalves Dias, no Parque dos Pinheiros, em Álvares Machado. O flagrante ocorreu após denúncia, o que resultou na prisão de um homem de 27 anos, indiciado por tráfico e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Em diligência ao endereço informado, a equipe localizou o acusado em frente ao imóvel. De acordo com a corporação, o rapaz foi comunicado sobre a denúncia e, de imediato, negou as acusações. Naquele momento, ele autorizou a entrada dos militares na residência, no entanto, quando a equipe se aproximou da porta de entrada, o homem confessou que dentro do guarda-roupa armazenava duas pistolas e porções de cocaína.

Diante da informação, a equipe entrou na casa e constatou que se tratavam de duas pistolas de calibre 9 mm, sendo que uma delas continha 17 munições intactas, e a outra, 11 munições. Ainda em vistoria nos pertences do acusado, os policiais encontraram 19 munições dentro de uma meia e, no interior de uma sacola plástica sete porções de cocaína, cada uma pesando 50 g.

Estratégia

Depois de encontrados os entorpecentes, a equipe do Baep continuou com buscas dentro da casa a fim de localizar outros materiais. Segundo a corporação, sob o sofá da sala, uma caixa térmica chamou a atenção dos policiais que encontraram dentro dela um caderno de anotações, balança de precisão, além de materiais para o preparo de drogas, como ampolas e garrafas de diluentes para aumentar o volume do produto. Já na cozinha, foram encontrados dois potes contendo cafeína diluída com acetona e esmalte.

Ao final do flagrante, o acusado declarou ter comparado cada pistola pelo valor R$ 6.500 e pago R$ 1 mil por cada 50g de cocaína. Segundo o indivíduo, o aumento no volume da porção da droga, por meio de substâncias, possibilitava a comercialização de cada porção de 1 g pela quantia de R$ 50.

Prisão em flagrante

Diante das informações e materiais encontrados, foi dada voz de prisão em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo ao homem. Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil em Álvares Machado, onde o delegado de plantão, após tomar ciência dos fatos, elaborou o boletim de ocorrência e recolheu o acusado à carceragem. De acordo com a polícia, o homem possui antecedentes criminais por porte ilegal de arma de fogo.