Cedida/Pedro Reis - Atleta tem se dedicado aos treinos há pelo menos um ano

Foto: Cedida/Pedro Reis - Atleta tem se dedicado aos treinos há pelo menos um ano

ESTADOS UNIDOS

Atleta busca intercâmbio através do esporte

Felipe Sobradiel, 17 anos, se prepara para a temporada 2019-2020 das universidades; jogador deve partir em agosto do ano que vem

  • 26/04/2019 05:36
  • THIAGO MORELLO - Da Redação

Há mais ou menos um ano, o prudentino Felipe Sobradiel, 17 anos, iniciou uma rotina voltada aos estudos e ao esporte, a fim de engrenar num plano de carreira definido por ele mesmo como intercâmbio esportivo. Por meio do futebol, o atleta tem se dedicado a conseguir uma vaga nas universidades americanas. Cada vez mais próximo do sonho, ele já adianta que se prepara para a temporada 2019-2020 das instituições dos Estados Unidos, para onde deve partir em agosto do ano que vem.

Mas até que isso aconteça, ele tem pelo menos mais um ano de preparo pela frente. Participante do programa de atletas da MVP Exchange Presidente Prudente, que desenvolve esse trabalho de intercâmbio esportivo, ele conta à reportagem que possui uma rotina não só empenhada ao esporte. “Além dos treinos físicos e táticos, que são importantes para conseguir a vaga, eu preciso me dedicar também ao inglês, com preparação para o Tofel [prova de proficiência em inglês]”, argumenta.

E tudo funciona como uma espécie de vitrine. Ao longo dessa dedicação aos estudos e ao futebol, são feitos vídeos da atividade do atleta. Ele conta que esse material, posteriormente, é reunido e encaminhado cerca de um mês antes para as universidades. “E são elas que vêm atrás de você, que devem demonstrar interesse pelo atleta. Se mais de uma se interessar, aí eu escolho”, detalha.

Uma vez lá, o plano do atleta não se resume somente ao esporte, mas também, e principalmente, como ele mesmo diz, à dedicação aos estudos, “que ajudarão na minha carreira”. E questionado sobre preferências, ele não pensa duas vezes: Universidade de Tiffin, cidade de Ohio.

Intercâmbio esportivo

De acordo com a MVP, a bolsa esportiva é um programa de intercâmbio esportivo que obtém bolsas de estudos para atletas brasileiros terem a oportunidade de estudar e jogar em universidades americanas. Este programa tem como principal característica encontrar a instituição de ensino que melhor se encaixa ao perfil e preferências do participante e intermediar todas as etapas do processo, desde a obtenção das bolsas de estudo até a admissão nas universidades e posterior viagem para ingressar na mesma.

“O objetivo do programa de bolsas atléticas da MVP Exchange é encontrar universidades com custos, cursos, localização e nível esportivo compatíveis com as necessidades e capacidades de cada atleta”, completa. E além do futebol, que é o caso do Felipe, são oferecidas oportunidades e suporte para atletas de outras modalidades, como futebol americano, vôlei, beisebol, natação, tênis, golf e e-sports.

saiba mais

Pré-requisitos para participar do programa:

Idade: Entre 14 e 23 anos (Precisa ter concluído o ensino médio para ingressar em uma universidade nos Estados Unidos, porém para iniciar a preparação o atleta pode estar cursando o mesmo);

Duração: 4 anos (média);

Idioma: Inglês Básico/Intermediário e Avançado;

Esportes: Praticar um esporte (Futebol, Futebol Americano, Basquete, Vôlei, Beisebol, Natação, Golf, Tênis e E-Sports)