Atenção ao currículo

  • 27/02/2020 04:05
  • Fátima Cristina Luiz Leonardo

O currículo é uma breve apresentação e o primeiro contato do empregador com o candidato. Em busca de inovação, a maioria das empresas já disponibiliza um espaço on-line destinado ao cadastro de currículo e divulgação de vagas, mas alguns candidatos preferem entregar pessoalmente e impresso.

As informações contidas devem ser organizadas e sucintas, elaboradas com os dados corretos do candidato, como nome completo, data de nascimento, endereço, e-mail e telefone. Se tiver alguma deficiência, colocar CID (Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde), para concorrer às vagas das cotas, algo muito procurado atualmente.

O objetivo é muito importante nessas informações, pois é o direcionamento das expectativas junto às suas competências, evitando ser chamado para uma área indesejada.

Em relação à formação acadêmica, no caso de graduados, colocar o curso de formação, início e término, nome da IES (Instituição de Ensino Superior). Caso tenha pós-graduação, usar o mesmo critério.

Estágios obrigatórios, não devem ser colocados, assim como participação em jornadas, pois tudo isso está inserido no curso, mas se você teve um diferencial deve colocar junto à formação.

Experiências anteriores: começar da última ou atual para as anteriores, caso não as tenha, não coloque nada. Muitas pessoas acham que um currículo sem experiência fica menos atrativo e informam situações não verdadeiras para que se torne mais consistente. Alguns gestores preferem pessoas sem experiência.

Colocar competências pessoais ou frases de impacto é totalmente desnecessário. Trabalhos informais podem ser colocados, se forem relevantes para a vaga em questão. No caso de trabalhos voluntários deve-se colocar abaixo das experiências.

Um dos maiores erros que se comete na tentativa de melhorar o currículo é mentir ou omitir informações. Fale sempre a verdade, seja ético, e se conseguir a vaga, faça o seu melhor e tenha respeito e tolerância pelos colegas. Um bom currículo abre portas, mas é necessário bom relacionamento para permanecer no emprego.

 

UM DOS MAIORES ERROS QUE SE COMETE NA TENTATIVA DE MELHORAR O CURRÍCULO É MENTIR OU OMITIR INFORMAÇÕES. FALE SEMPRE A VERDADE, SEJA ÉTICO, E SE CONSEGUIR A VAGA, FAÇA O SEU MELHOR E TENHA RESPEITO E TOLERÂNCIA PELOS COLEGAS

ÚLTIMAS DO AUTOR

Fátima Cristina Luiz Leonardo

Fátima Cristina Luiz Leonardo

Fátima Cristina Luiz Leonardo é psicóloga responsável pelo Departamento de Recursos Humanos da Unoeste (Universidade do Oeste Paulista)

PUBLICIDADE