Ariane Sorriso vai em busca do cinturão no Batalha MMA

esporte

| JULHIA MARQUETI - Especial para O Imparcial

Após ano em que obteve três vitórias nas três lutas que disputou, a lutadora prudentina Ariane Sorriso Carnelossi, 25 anos, busca em 2018 resultados ainda mais expressivos, visando conquistar a tão sonhada oportunidade no UFC (Ultimate Fighting Championship). A lutadora, que atualmente ocupa a primeira colocação do ranking nacional de MMA (Artes Marciais Mistas, na sigla em inglês) pelo peso mosca (de 52,2 kg até 56,7 kg), não perde tempo e faz sua primeira luta já no primeiro mês do ano.

No sábado, Sorriso, da equipe Inside Gold Team, terá pela frente o maior desafio de sua carreira, diante de Bianca Sattelmayer, 22 anos. Mas para luta pelo Batalha MMA Championship 77, a prudentina terá de baixar de categoria para a peso palha (52 kg). Categoria da qual a rival ocupa a 42ª posição do ranking nacional. “Logico que a gente fica com certa ansiedade, ainda mais por ser minha primeira disputa de cinturão. Mas isso faz parte de toda luta e levo isso para o lado positivo”, diz a lutadora.

Faixa preta de muay thai e kickboxing, Sorriso abriu mão das férias de fim de ano para se dedicar à nona luta da carreira, em busca de manter sua invencibilidade e, definitivamente, cravar o seu nome entre as melhores atletas do mundo na sua divisão de peso. “Foram dois meses de muito treino, com pensamento e foco para essa luta, então estou me sentindo confiante”, relata.

Com seis vitórias por nocaute na carreira, a atleta da Inside Gold Team passou a última semana antes da luta com uma preparação diferente. “Já estou preparada, essa semana apenas abaixando o peso, então que venha mais uma vitória para começarmos o ano com o pé direito”, explica.

O Batalha MMA será realizado sábado, no Ginásio de Esportes Doutor Lourenço Quilici, Lourenção, em Bragança Paulista (SP). Além da disputa de cinturão pelo peso palha entre Ariane Sorriso e Bianca Sattelmayer, o evento também contará com outros bons nomes do MMA nacional, como o prospecto Anderson Buzika e o experiente Claudiere Freitas.

Sobre a adversária, Sorriso a coloca como forte lutadora e se diz pronta para vencer a atleta. “Sei que é uma adversaria dura, então estarei entrando com foco total e, se Deus quiser, sairei com a vitória”, afirma. Bianca Sattelmayer vem com uma sequência negativa de três derrotas, sendo a última vitória em junho de 2016.

Comente com o editor

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste