PRESIDENTE PRUDENTE

Após agredir companheira, autor alega ter 'perdido a cabeça'

Homem foi preso em flagrante e, após ter fiança arbitrada no valor de R$ 2 mil, que não foi apresentada, aguarda audiência de custódia

  • 17/02/2020 10:40
  • GABRIEL BUOSI - Da Redação

Mais um caso de violência doméstica foi registardo em Presidente Prudente no fim de semana. Ontem, a Polícia Militar foi acionada para atender a uma ocorrência que envolveu um homem de 34 anos, o autor, preso em flagrante, e a vítima, uma mulher de 32 anos. 

O caso ocorreu no Parque São Judas Tadeu, conforme o Boletim de Ocorrência, próximo da hora do almoço de domingo.

Segundo o relato dos policiais, a vítima foi encontrada com manchas de sangue no nariz e teria dito aos policiais que, mesmo sem boletins de ocorrência anteriores, é constantemente ameaçada pelo parceiro. 

Na manhã de domingo, novas discussões teriam ocorrido, o que gerou o soco no nariz da vítima, além de tapas e uma agressão que a jogou no chão. 

O autor confessou aos policiais que "perdeu a cabeça", dando o soco na companheira, mas negou demais agressões. 

Ele foi preso em flagrante e, após ter fiança arbitrada no valor de R$ 2 mil, que não foi apresentada, aguarda audiência de custódia.