Fotos: Cedidas/ Gralak Comunicação: Roberval exalta que esse título é uma superação da carreira

Foto: Fotos: Cedidas/ Gralak Comunicação: Roberval exalta que esse título é uma superação da carreira

2018

Anastaciano é campeão da Copa Truck

ROBERVAL ANDRADE Obtida em Curitiba, esta foi a 4ª conquista nacional da carreira automobilística do piloto

  • 09/12/2018 05:02
  • IZABELLY FERNANDES - Especial para O Imparcial

Natural de Santo Anastácio, o piloto Roberval Andrade, 46 anos, se sagrou campeão da Copa Truck 2018 no último domingo. Correndo com as cores do alvinegro, pelo Corinthians Motorsport, uma vitória e um segundo lugar nas corridas da etapa final no Autódromo Internacional de Curitiba (PR), em Pinhais, garantiram a conquista do quarto título nacional do piloto.

Em 18 corridas a campanha automobilística do coringão terminou a competição com cinco vitórias, duas colocações e três terceiros lugares, em uma etapa dramática diante de 32 mil torcedores.

Roberval disputou a corrida com outros cinco pilotos, conquistando a vitória na primeira prova à frente do campeão do ano passado, Felipe Giaffone e de Leandro Totti. Na prova final, mesmo largando em oitavo, liderou maioria das voltas e cruzou a linha de chegada em segundo. “Eu tinha uma estratégia de largar bem e deixar o Felipe entrar na minha frente, pois mesmo querendo vencer, o título era o mais importante para mim”, conta.

Ele fala que a essa conquista representa uma superação na carreira. “Eu estava há oito anos sem ganhar campeonatos, tinha dificuldade dentro da equipe, com orçamentos e tudo mais, portanto, esse titulo foi como um desabafo, mostrando que nossa equipe está num alto nível e que podemos evoluir ainda mais”, desabafa.

O piloto lembra que no ano passado foi vice-campeão no mesmo campeonato. “Depois disso eu havia prometido para meus filhos que neste ano eu seria campeão e no fim consegui honrar esta promessa”, relata.

 

Títulos

Com o início da carreira em 2000, Roberval teve como inspiração o pai e o avô que eram caminhoneiros. “Vendo-os, eu quis ir pelo mesmo caminho, pois sempre gostei de velocidade, e no fim resolvi fazer carreira automobilística”, conta.

Em 2002, conquistou o primeiro título como campeão brasileiro de Fórmula Truck. Em 2010, representou o Corinthians no centenário do time, sendo campeão brasileiro e sulamericano; e agora conseguiu o quarto título da carreira. “O de 2010, foi uma conquista de grande importância para mim e para o clube, pois era o ano do centenário e pude deixar o meu legado. Mas pela empolgação, o último titulo sempre é o mais gostoso”, declara.

O piloto que atualmente corria pela Scania, para o próximo ano, possui o objetivo de mudar a marca de patrocínio das corridas. “Quero deixar meus agradecimentos para a antiga marca, mas uma mudança servirá como uma nova motivação e um novo desafio, por estar utilizando outro equipamento. Creio que isso irá enriquecer minhas performances e meu desenvolvimento em pista”, expõe Roberval que já está analisando outras duas marcas, mas que somente em 2019 irá decidir com qual delas fechará o contrato.

 

ÚLTIMAS DO AUTOR