Foto: Isadora Crivelli - Público: olhares hipnotizados convertiam semblantes preocupados em sorrisos

Foto: Foto: Isadora Crivelli - Público: olhares hipnotizados convertiam semblantes preocupados em sorrisos

ESPETÁCULO MUSICAL

AME: Saúde do corpo e alma

Maestro Luizão e alunos do projeto Camerata se apresentaram na manhã de ontem para pacientes e acompanhantes do ambulatório, como parte da programação em comemoração aos 10 anos do local

  • 15/02/2020 04:00
  • MARCO VINICIUS ROPELLI - Especial para O Imparcial

Números demonstram a importância grandiosa do AME (Ambulatório Médico Especializado) para Presidente Prudente e região. Dados não mentem, são assertivos, mas não dizem tudo. Trabalhos como este vão além dos números, atingem a alma, o coração. Em homenagem aos 10 anos do AME, portanto, esteve na manhã da sexta-feira no ambulatório, o maestro prudentino Luiz Antônio Peres Filho, o Luizão, e seus alunos do Projeto Camerata para um espetáculo musical, dedicado a todos que aguardavam exames e consultas na recepção do local.

Não precisaram mais que 10 segundos de música para que dezenas de celulares fossem sacados dos bolsos e iniciassem os registros daquele momento único. Os olhares completamente hipnotizados convertiam semblantes preocupados em sorrisos e até balanços ritmados. Até a água da fonte do AME caia no ritmo, não por nenhum fenômeno natural, mas pela mente dançante dos que a observavam enquanto ouviam os violinos dos músicos.

O maestro não é médico, mas quase foi, ele contou aos presentes que fez três anos de faculdade de Medicina. Por consequência ele não pode tratar da saúde física das pessoas. Problema algum, ele se voltou para a saúde da alma. “Tocando violino a gente passa a química da alegria, estou trazendo hoje o produto do qual fui cuidar, a vida, a saúde espiritual. Estou aqui para trazer paz e explicar que a coisa mais importante que existe é você”, destacou Luizão ao público.

Por lá, a opinião foi a mesma. A dona de casa Edna Mota da Silva, 49 anos, destaca a importância do evento, pois “alegra o coração”. “Chegamos aqui às vezes tristes com nossas doenças, aí encontramos uma coisa bonita dessas e muda tudo”, salienta.

O aposentado Florindo Grandi Zoli, 64 anos, não pensa diferente: “a música faz bem para o corpo e para alma”, acrescenta.

 

NÚMEROS: IMPORTÂNCIA

GRANDIOSA DO AME

Nos 10 anos do Ame, 1.252.979 atendimentos médicos foram prestados, divididos em 35 especialidades. Atendimentos não-médicos (fisioterapia, psicologia, enfermagem, nutrição, farmácia, e outros) foram 150.037. Sessões de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, psicologia e outros somam 231.901 atendimentos. 71.603 atividades cirúrgicas ambulatoriais foram realizadas. 2.201.536 pessoas realizaram exames no local.

Tudo isso sem contar a atuação da rede Lucy Montoro (45.577 atendimentos), Audiologia (83.257 pacientes atendidos e 16.868 aparelhos entregues), o Ambulatório de Álcool e Drogas (com 123.316 atendidos) e os quase 2,35 milhões de medicamentos dispensados pela farmácia.

 

“DEZ ANOS NÃO SE

COMEMORA EM UM DIA”

Comemorar os 10 anos com música, primeiro é uma forma de chamar atenção aos trabalhos realizados pelo AME, e, por outro lado, é uma forma de cuidar da saúde da alma. “A música tem algo de terapêutico, além de ser uma maneira de proporcionar acolhimento para as pessoas”, comenta o diretor administrativo do AME de Presidente Prudente, frei Tarcísio Marchini.

Ele enfatiza a importância do ambulatório aos 45 municípios da região que possuem cobertura, possibilitando a muitos que não tem condições, atendimentos de especialistas. “Facilita a rede de atenção à saúde”, pontua o frei. Ele destaca, ainda, que além da programão (veja box) do mês de fevereiro, quando no dia 22 o AME faz aniversário, eventos seguirão durante o ano, pois “10 anos não se comemora em um dia”.

Os números demonstram importância, e a música também, porque com a arte é possível lembrar que não há solução melhor às doenças da alma que o amor, “AME”.

 

(((BOX)))

PROGRAMAÇÃO

 

Dia 19, às 9h, pátio do AME: Apresentação do Coral dos colaboradores do HR e AME;

Dia 19, às 19h, pátio do AME: Missa em ação de graças pelos 10 anos do AME, celebrada pelo padre Paulo Nunes, capelão do AME;

Dia 21, às 9h30, pátio do AME: Missa em ação de graças pelos 10 anos do AME, celebrada pelo bispo da diocese de Presidente Prudente, Dom Benedito Gonçalves dos Santos

Dia 22: Data oficial do aniversário de 10 anos

 

Fotos – Isadora Crivelli

Som dos violinos tornou mais alegre a manhã dos presentes no Ambulatório

 

Maestro Luizão, em sua fala, enfatiza o cuidado com a saúde da alma

 

Frei Tarcísio: “A música tem algo de terapêutico”