Polícia Civil: Arma utilizada na agressão foi apreendida pela Polícia Civil

Foto: Polícia Civil: Arma utilizada na agressão foi apreendida pela Polícia Civil

JUNQUEIRÓPOLIS

Agente penitenciário fica ferido após ataque de preso

Vítima foi surpreendida durante recolha dos detentos, e foi atingida por um ferro pontiagudo na mão, ombros e costas

  • 09/04/2019 15:22
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o que teria motivado o ataque contra um agente de segurança, na Penitenciária de Junqueirópolis. O crime ocorreu ontem, no pavilhão habitacional 4, o que resultou em ferimentos na vítima. A arma utilizada na agressão foi apreendida.

O delegado Eliandro Renato dos Santos, da Polícia Civil do município, conversou com o agente público após o ataque. “Ele disse que era final da tarde, quando estava fazendo a recolha dos presos para, posteriormente, fazer a contagem. Em determinado momento, foi surpreendido pelo indivíduo que o agrediu com um ferro pontiagudo, utilizado em construções”, relata a autoridade.

No momento do fato, o preso chegou a dizer que iria matar a vítima a golpes. O delegado explica que durante o ataque o agente de segurança conseguiu se desvencilhar e correu para uma zona de segurança do pavilhão habitacional. Conforme a polícia, a vítima sofreu lesões na mão, ombros e costas.

“Lição na diretoria”

Ao ser interrogado pela Polícia Civil, o preso disse que iria matar o agente de segurança “para dar uma lição na diretoria”, no entanto, não se sabe o que teria motivado a revolta. Diante da ação, foi registrado boletim de ocorrência pela prática de tentativa de homicídio qualificado contra agente público. No local dos fatos foi requisitado perícia e o preso está preventivamente isolado.