Marcel Sachetti: Adriana Cavalcanti prepara projetos para este ano

Foto: Marcel Sachetti: Adriana Cavalcanti prepara projetos para este ano

Adriana Cavalcanti: incentivo dos jovens à música

  • 08/03/2020 06:59
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

“E por falar em saudade, onde anda você? Onde anda os seus olhos que a gente não vê [...]”. Foi neste trecho da canção de Vinicius de Moraes que Giovana Diniz, 12 anos, viu o sonho decolar em sua participação no The Voice Kids, da Rede Globo, oportunidade em que recebeu a aprovação dos três jurados. Moradora de Ituiutaba (MG) é aluna da cantora e professora de canto Adriana Cavalcanti, de Presidente Prudente, que teve sua contribuição para que os jurados a aplaudissem em pé.

“Eu sempre soube que todos virariam”, afirma. “Ela tem 12 anos e está num nível superior acima das crianças que já vi”. Apesar da distância que separam as profissionais, elas estão sempre perto. Isso porque as aulas com a professora ocorrem via Skype. Além das técnicas aplicadas, Adriana repassa a vivência pessoal como incentivo para que a jovem mantenha a determinação na música. Inclusive, hoje, Giovana se apresenta na fase de batalhas do programa global com canção da bossa nova.

Ansiosa para ver a aluna na telinha, a professora não esconde o orgulho ao ver o crescimento da jovem. E não apenas dela, mas de outras duas alunas que chegaram à fase de seleção do The Voice Kids. Uma delas é a Laura Grosskreutz de Oliveira Silva, 10 anos, de Presidente Prudente, selecionada entre mais de 30 mil e ficou entre as 100 melhores do Brasil. “Ela chegou a fazer o playback da música Bye Bye Tristeza, da Sandra de Sá [na Globo], mas infelizmente ligaram dizendo que não foi selecionada”, lamenta. “Fizemos um trabalho vocal muito forte, mas ela disse que vai se preparar para o ano que vem”.

O legal é que foi a mãe da Laura quem indicou Adriana para aprimorar o talento da Giovana em um dos encontros no Rio de Janeiro (RJ). Além delas, outra aula também se destacou. Maria Paula Ferreira de Jesus, 13 anos, de Teodoro Sampaio, foi ao programa, mas as vagas dos times acabaram quando ela iria se apresentar e acabou não entrando na competição. Antes de ser aluna de Adriana, já acompanhava o trabalho da professora pela internet, aprendizado que está sendo aprimorado.

TRABALHO, PROJETOS E RECONHECIMENTO

Adriana Cavalcanti é professora de canto e cantora formada pelo Conservatório Dramático e Musical “Doutor Carlos de Campos” de Tatuí – onde estudou sobre a história da música brasileira. Pós-graduada em Arte e Educação pela Unesp, possui diversos cursos em seu currículo, além de um CD e 10 troféus como intérprete, compositora de MPB e música gospel.

No ano em que completa uma década ensinando futuros talentos, continua com a turnê em homenagem a Beth Carvalho e prepara o single “No Caminho Eu Te Explico”, de Junior Meireles, ex-The Voice; e um quarto clipe musical. Um dos lançamentos, “Idas e Vindas” tem mais de 1 milhão de views e ficou entre as 10 melhores músicas do Festival da Canção Brasileira em 2018. No ano passado, participou do mesmo festival, mas como intérprete, ficando entre as oito melhores do país.


Giovana Diniz e professora Adriana Cavalcanti


Laura ficou entre as 100 melhores do Brasil


Maria Paula já acompanhava o trabalho da professora