TROCA

Adonai pede demissão e Osvaldo Cruz anuncia novo técnico

Contratado para assumir o time profissional, Sérgio Veloso comandará a equipe na Copa São Paulo

A equipe sub-20 do Osvaldo Cruz passou por uma mudança no comando técnico às vésperas do início das disputas da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O ex-técnico Matheus Adonai, que estava no clube há quatro meses, deixou o time e deu lugar a Sérgio Veloso, que a princípio havia sido contratado para assumir o profissional. O novo técnico assumiu o time ontem e agora irá tomar conta da preparação dos meninos para o campeonato.

O presidente do clube, Rubens Romanini, relata que essa mudança ocorreu devido a um pedido de demissão efetuado por Matheus. “Embora ele seja um bom treinador, pode ser que ele não tenha se acostumado com o acúmulo de cobrança e, neste período de fim de ano, tenha decidido ficar um pouco mais com a família”, afirma O ex-técnico explica que a decisão surgiu devido a uma pequena discussão interna no clube. “Não há problema nenhum com o clube, só não me senti bem diante desse problema que aconteceu e decidi seguir a minha vida”, conta. No entanto, o jovem não quis divulgar o conteúdo da discussão.

A escolha por Sérgio Veloso surgiu devido à importância do campeonato que o time irá participar, por isso a necessidade de colocar uma pessoa que assumisse o time com responsabilidade. “Ele é a melhor carta que tínhamos para assumir esse posto, por isso acredito que essa foi a melhor escolha possível”, diz o mandatário do Azulão. O novo treinador havia sido escolhido para estar à frente do time profissional, mas, diante do imprevisto, a direção do Azulão decidiu coloca-lo no futebol júnior. “A equipe vai disputar um dos torneios mais importantes da temporada, tanto para clube, como para os meninos, por isso muita coisa está em jogo”, afirma o presidente.

Próximos dias

A equipe segue a todo vapor na preparação para os jogos do início do ano e, segundo o presidente, a expectativa para as disputas são as melhores possíveis. “Neste sábado, por exemplo, teremos um jogo treino com o time profissional do Noroeste, para acostumar os meninos com um ritmo mais complicado e com o nível maior de desempenho dos jogadores”. Já para Matheus, a expectativa para os próximos dias é de aproveitar as festas de fim de ano. “Agora vou querer relaxar um pouco da rotina atribulada do ano que passou e em 2019 vou aguardar algumas propostas e analisa-las para eu possa voltar a trabalhar em campo”, confirma.