“ORION”

Adolescente é apreendido por suspeita de homicídio

Investigação apontou indícios de que o rapaz teria envolvimento na morte do auxiliar de pedreiro, Rayllon Rodrigues, em março 

  • 15/04/2019 16:02
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

A Polícia Civil apreendeu nesta manhã um adolescente de 17 anos, investigado por envolvimento na morte do auxiliar de pedreiro, Rayllon Rodrigues, 17 anos, no dia 25 de março em Presidente Venceslau. A apreensão ocorreu durante a Operação Orion, desenvolvida pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais), que cumpriu cinco mandados de busca e apreensão domiciliar, além da apreensão do menor de idade.

De acordo com a polícia, as buscas domiciliares tiveram como objetivo a localização da arma de fogo e outros elementos de prova que pudessem estar relacionados ao crime. No decorrer da investigação, os agentes encontraram “fortes indícios” do envolvimento do adolescente com o homicídio registrado. A investigação prossegue em sigilo, e apura eventual envolvimento de outras pessoas.

Disparo em obra

O crime que resultou na morte de Rayllon Rodrigues ocorreu no começo da tarde de segunda-feira, 25 de março. Naquela data, forças policiais foram acionadas depois que populares ouviram um disparo de arma de fogo em uma obra, no Jardim Alvorada, em Presidente Venceslau.

Quando o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar chegaram ao local, encontraram a vítima com uma perfuração ao lado direito do corpo, mais precisamente no abdômen. Diante da gravidade, os socorristas prestaram os primeiros atendimentos médicos e conduziram o jovem ao pronto-socorro local. Segundo a corporação, durante o percurso o rapaz estava desacordado. Depois de ser medicado pela equipe da santa casa, foi constatado o óbito.