Polícia Civil: Ferramenta apreendida foi utilizada para golpear a vítima

Foto: Polícia Civil: Ferramenta apreendida foi utilizada para golpear a vítima

CRIME ESCLARECIDO

Adolescente confessa homicídio de mecânico em Dracena

Rapaz de 17 anos teria comprado uma motocicleta avaliada em R$ 14 mil no cartão de crédito do patrão, o que resultou em discussão e morte

  • 17/04/2019 15:03
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

A Polícia Civil em Dracena, por meio da DIG/Dise (Delegacia de Investigações Gerais/Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), apreendeu hoje um adolescente de 17 anos que confessou o assassinato do mecânico de caminhões, Antônio Kitahara, 63 anos. O crime ocorreu na quinta-feira dentro da própria oficina, localizada na Rua Joaquina Maria André, em Dracena.

O adolescente trabalhava como funcionário da vítima há três anos, e era responsável pela movimentação bancária do estabelecimento. De acordo com o delegado da DIG, Cleber Augusto Batista, a motivação do crime foi uma discussão depois que o mecânico descobriu que o menor de idade comprou uma motocicleta, avaliada em R$ 14 mil, com o cartão de crédito da vítima sem a devida autorização.

Discussão e morte

No decorrer da investigação, descobriu-se que na noite do crime a vítima conversou com o funcionário a respeito da compra da motocicleta, quando teve início uma discussão. Conforme o delegado à frente do caso, o menor de idade negou o gasto e foi embora, no entanto, retornou à oficina e começou a agredir Antônio com uma ferramenta encontrada no local.

Os golpes atingiram as costas e o rosto do mecânico, que morreu antes da chegada do resgate. O corpo foi localizado por um cliente que entrou no estabelecimento naquela noite. Depois de apreendido, o adolescente indicou onde havia deixado a arma utilizada no crime, que foi apreendida pela Polícia Civil. A audiência de custódia está agendada para ocorrer nesta tarde.