José Reis - Ação homenageou mulheres pelo dia mundial das doadoras

Foto: José Reis - Ação homenageou mulheres pelo dia mundial das doadoras

RETRIBUIÇÃO

Ação homenageia doadoras de leite em Prudente

Encontro contou com palestras ministradas por nutricionista e fonoaudióloga, além de uma fala sobre a importância do dia mundial para incentivo à prática

  • 18/05/2019 07:00
  • GABRIEL BUOSI - Da Redação

A amamentação, para as mamães, é um momento de realização, conexão com os filhos e uma troca de experiência para o autoconhecimento e maturidade. Para os bebês, por sua vez, a amamentação pode ser vista como sinônimo de saúde. No entanto, nem todas as famílias possuem a oportunidade de praticar esse ato de amor, momento em que entra o olhar fraterno das doadoras de leite. Justamente para homenagear essa figura é que, durante a tarde de ontem, o Banco de Leite Humano de Presidente Prudente realizou um café da tarde para 15 delas, evento que contou ainda com palestras ministradas por uma nutricionista e uma fonoaudióloga, além de uma fala sobre a importância do Dia Mundial das Doadoras de Leite Humano, comemorado amanhã.

Segundo a enfermeira e coordenadora do Banco de Leite Humano, Adriana Monteiro, a ação é incentivada em todo o Estado, já que é preciso homenagear as mulheres que ajudam a salvar vidas, além de expor quais são os serviços prestados pelo órgão e como fazer parte do projeto. “Organizamos um café da tarde, preparamos alguns brindes e também palestras para esclarecer, por exemplo, o que pode e não pode ser consumido durante a gestação, para que não interfira na saúde do bebê por meio da amamentação”, comenta.

O local, hoje, conta com 55 doadoras de Presidente Prudente e oito na região, de forma que para abastecer os quatro hospitais atendidos, seriam necessárias entre 80 e 90 mulheres. Por isso, e com a chegada das estações mais frias que diminuem as doações, a unidade atende com 60% da capacidade do estoque. “É um gesto muito simples, mas tão importante. Para participar e doar, basta entrar em contato conosco, que uma equipe se deslocará até a residência da família para orientar e entregar os materiais necessários”, finaliza a coordenadora.

Ato de amor

A mamãe de 25 anos, Jéssica Silva dos Anjos, mora em Panorama e veio para Prudente participar do encontro na tarde de ontem, já que a doação foi algo que marcou a vida dela. “Durante a maternidade eu tinha bastante leite e lá no Hospital Estadual, onde fiquei internada, tem uma funcionária, a Maria do Carmo, que me instruiu para fazer a doação, por saber que é um gesto que pode ajudar a muitas crianças que precisam”. Com a ajuda, e a partir da primeira ordenha, ela afirma que entende a importância por ver o filho de três meses “nutrido”, o que possibilita a ajuda aos próximos.

Já a diarista de 32 anos, Jaqueline Barbosa, esteve presente com o filho de oito meses e informou que desde a primeira gestação teve muito leite, o que permite a doação, mas ela lembra que na gravidez do outro filho, a falta de informação não permitiu que ela doasse. “Na segunda gestação eu busquei o banco de leite, que me atendeu de forma atenciosa e já me ajudou com os passos. Durante o início da maternidade vi tantos recém-nascidos que precisavam dessa doação, então, sei o quanto é importante”.

Serviço

Para doar, basta se direcionar à sede do Banco de Leite Humano de Presidente Prudente (no Palácio da Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, localizado na Avenida Brasil, esquina com a Avenida Washington Luiz), ou entrar em contato pelo telefone 3226-3430, caso não possa ir pessoalmente ou morar em cidades vizinhas.