Arquivo - Acordo é válido apenas para amanhã, já que no feriado do dia 14 o comércio estará fechado

Foto: Arquivo - Acordo é válido apenas para amanhã, já que no feriado do dia 14 o comércio estará fechado

SETE DE SETEMBRO

Abertura do comércio será facultativa amanhã

Após tratativas entre Sincomércio e Sincomerciários, acordo possibilita que as lojas abram as portas, mas impõe condições benéficas para os trabalhadores

  • 06/09/2019 09:25
  • PEDRO SILVA - Especial para O Imparcial

Assim como ocorre em todo o dia 7 de setembro, a data é marcada pela comemoração e alusão ao Dia da Independência do Brasil, que é feriado nacional. No entanto, pensando no funcionamento do comércio prudentino, um acordo feito entre lojistas e os sindicatos, Sincomércio (Sindicato do Comércio Varejista de Presidente Prudente) e Sincomerciários (Sindicato dos Empregados no Comércio de Presidente Prudente), possibilita que os estabelecimentos abram. A adesão é facultativa.

De acordo com informações do Sincomércio, para que as lojas abram as portas amanhã é necessário que o lojista entrem em contato com os representantes da categoria para a realização de uma declaração entre ambos os sindicatos. Maurício de Pontes, que é presidente do Sincomerciários, sinalizou, que até ontem, cerca de 40% dos comerciantes aderiram.

Contudo, o acordo feito entre as partes, deixa claro que, caso optem por abrir, alguns benefícios devem ser dados aos funcionários. Vitalino Crellis, presidente do Sincomércio, comenta que todos os trabalhadores que trabalharem no feriado deverão fazer parte da declaração, receber o valor de R$ 130 (bônus), uma folga - em até 30 dias -, vale-refeição pelo dia e transporte, pois, os feriados trabalhados são prorrogações da jornada de trabalho.

O presidente do sindicato lembra, ainda, “que os sábados são dias de grande movimento, e acredita que todas as lojas deveriam abrir, pois a cidade é procurada nos finais de semana por vários moradores da região”.

Assim como os shoppings, que abrem normalmente, segundo Maurício, devido a um acordo que já existe, a exemplo deste que foi feito especificamente para a área central, no dia 7 de setembro. Em complemento, Vitalino volta a argumentar que, para ele, “os comerciantes deveriam seguir o exemplo dos centros de vendas”.

O acordo é válido somente para o feriado de amanhã. No próximo sábado, quando também há folga, pela comemoração do aniversário de 102 anos de Presidente Prudente, o comércio estará fechado integralmente.