Na região

7 mulheres são barradas em entrada de penitenciárias

Visitantes tentavam entrar em unidades prisionais com aparelhos eletrônicos; flagrantes ocorreram no fim de semana

ROBERTO KAWASAKI - Da Redação • 07/08/2018 16:00:50

Foto: SAP - Aparelhos eletrônicos foram localizados com visitantes em penitenciárias

No fim de semana, sete mulheres foram barradas ao tentar entrar em presídios da região de Presidente Prudente com aparelhos eletrônicos. De acordo com a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), as visitantes foram suspensas do rol de visitas e estão sujeitas a processo criminal, conforme a legislação. Além disso, os presos que receberiam os materiais foram isolados preventivamente e responderão a procedimento apuratório disciplinar.

Em Flórida Paulista, a esposa de um sentenciado tentou entrar com aparelho microcelular escondido no corpo. De acordo com os agentes da Penitenciária AEVP Cristiano de Oliveira, o flagrante ocorreu na manhã de sábado, quando a visitante passou pelo aparelho de scanner corporal. Na manhã do mesmo dia, outra mulher foi barrada na Penitenciária de Junqueirópolis ao ser flagrada com quatro placas para aparelho de microcelular, presas na lateral do corpo. Ao ser questionada sobre o material, ela tentou se desfazer do objeto atirando-o embaixo do aparelho de scanner corporal, o que não impediu que os agentes percebessem a ação.

Ainda no fim de semana, quatro visitantes foram surpreendidas tentando entrar com objetos proibidos na Penitenciária Silvio Yoshihiko Hinohara, em Presidente Bernardes. Conforme a SAP, durante a manhã de sábado, os agentes perceberam que três mulheres tentavam entrar com objetos ilícitos escondidos nas partes íntimas. Diante do fato, elas foram conduzidas ao hospital municipal, onde passaram pelo exame de raio-x, que constataram a presença dos objetos. No dia seguinte, outra visitante foi flagrada com mais um celular nas partes íntimas durante o mesmo procedimento de revista, sendo conduzida à Delegacia de Polícia de Presidente Bernardes, assim como as demais.

Já em Presidente Venceslau, na Penitenciária 2 Maurício Henrique Guimarães Pereira, os agentes localizaram quatro microchips SD escondidos dentro das tampas de frascos de xampu e condicionador, pertencentes à companheira de um sentenciado. Em situações como as descritas na reportagem, as flagradas são suspensas do rol de visitas.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste