Weverson Nascimento - Além das equipes do sub-9, competição envolveu jogos do sub-11, sub-13, sub-15 e sub-17

Foto: Weverson Nascimento - Além das equipes do sub-9, competição envolveu jogos do sub-11, sub-13, sub-15 e sub-17

CRAQUES DE BOLA

5 jogos agitam final do Futsal Menores

Cinco confrontos agitaram as quadras do PUM (Parque de Uso Múltiplo), em Prudente, na manhã de ontem; pelo sub-9, o Nissenji Futsal venceu o Casa da Criança Watal por 2 a 1

  • 01/12/2019 05:47
  • OSLAINE SILVA - Da Reportagem Local

Os aplausos e gritos de incentivo de pais na torcida era de arrepiar na manhã de ontem, no PUM (Parque de Uso Múltiplo), em Presidente Prudente, onde os ares que circulavam pelo local inspiravam sonhos e realizações na final do Campeonato Municipal de Futsal Menores. Por conta do fechamento desta edição, não foi possível obter todos os resultados, mas o primeiro jogo terminou com a vitória do Nissenji Futsal por 2 a 1 sobre a Casa da Criança Watal, pela categoria sub-9.

Com a bola rolando, no banco de reserva, Gabriel Antonio da Silva Queiroz, 9 anos, disse a reportagem que estava confiante em uma vitória por 2 a 0 para a Casa da Criança. E nesse momento seu time marcou o primeiro gol! Mas infelizmente o garotinho não conseguiu o placar desejado. Em compensação, do outro lado, perguntado ao artilheiro do Nissenji se acreditava que ergueriam o troféu, Miguel Macedo Busquini, 9 anos, foi enfático: “Acho não, tenho certeza”, pontuou o pequeno.

 

Mais do que técnicos

educadores de pequenos

Sebastião Carlos Porto, técnico do Nissenji, diz que principalmente nesta categoria o campeonato foi muito gratificante, já que todas as equipes, perdendo ou ganhando, se divertiram bastante. Isso porque, segundo ele, trabalham bastante o lúdico com a turminha, mais do que propriamente o futebol competitivo. “Porque são crianças e precisam desses princípios. E vimos nos olhos de cada um a satisfação por esse começo de um sonho que pode ir além. Trabalhamos para ganhar, mas respeitando a Casa da Criança”, expõe o técnico.

Alisson Costa lembrou que, embora sua turminha não pratique o futsal, mas sim o futebol de campo, fizeram uma campanha boa que resultou na final. Perdemos apenas um jogo, exatamente contra a equipe do Nissenji. “São alunos de 7, 8 e 9 anos, foi tranquilo até chegar aqui com a galerinha bastante dedicada. Eles querem mostrar o que sabem, querem ser campeões. Foi uma boa escolha ter participado com eles. Vamos tentar beliscar o título, mas eles estão bem orientados caso percam”, ressalta Alisson.

A enfermeira Tatiana Scalon Pacagnella, 38 anos, estava entre as fervorosas torcedoras da Casa da Criança aguardando o filho Igor Otávio entrar em ação pelo sub-11. “Essa inserção no esporte desde a infância é muito importante tanto para se ter uma boa interação com os amigos, aprender com o professor, quanto tirar as crianças das ruas e oferecer melhor qualidade de vida através das atividades esportivas”, destaca a mãe.

Além das equipes do sub-9, pela categoria sub-11, às 10h, na quadra 2, se enfrentaram Casa da Criança Watal e Nissenji Futsal; pela sub-13, às 11h, jogaram PUM/Sesi e Nissenji Futsal. Já pela sub-15, às 10h, na quadra 1, se encontraram Nissenji Futsal e União Cambuci FC, enquanto que pela sub-17, às 9h, Prudente Futsal e Mário Amato/Praça da Juventude mediram forças. O campeonato foi realizado pela LZB Esportes, com apoio da Semepp (Secretaria Municipal de Esportes de Prudente).